Estudo com ratos comprova teoria econômica do consumo

Estudo com ratos, realizado no Instituto de Psicologia (IP) da USP, conseguiu comprovar teoria econômica sobre as leis do consumo humano, a “propensão marginal a consumir”. Ela se baseia em estudos sobre o comportamento do consumidor, analisando a influência que a renda total tem sobre seu consumo. Ela mostra que o aumento da renda acontece em maior proporção que o consumo do indivíduo. Em um determinado momento, ele atinge o que é necessário para viver e diminui sua demanda de compras.“É difícil realizar pesquisas que mostrem na prática essa relação em humanos, pois é inviável manipular a renda de humanos por um período longo. Por isso buscamos um animal com variáveis de comportamento semelhantes”, diz a pesquisadora Ana Carolina Franceschini. Leia a matéria completa neste link.

Veja o vídeo abaixo:

Agência USP de Notícias
| Agência USP agora é Jornal da USP | Créditos | Direitos autorais | Newsletter | Sobre a Agência
Rua da Reitoria, 109 bloco L - 5º andar
CEP 05508-900 - São Paulo - Brasil
E-mail: Fale Conosco


© 2000-2021 Universidade de São Paulo