Os 40 anos da morte de Vlado

O dia 25 de outubro marcará os 40 anos da morte do jornalista Vladimir Herzog, o Vlado, que foi assassinado pelos agentes da ditadura em 1975. A vida e a morte de um dos jornalistas mais importantes para a história recentre do Brasil também teve seus desdobramentos na USP, onde Vlado (seu nome verdadeiro) foi professor da Escola de Comunicações e Artes (ECA) por um breve período antes de ser assassinado.

A Agência USP de Notícias produziu uma reportagem especial que aborda a passagem de Vlado pela ECA. Por meio de entrevistas com os professores José Coelho Sobrinho, Cremilda Medina, Alice Mitika, além dos jornalistas Gabriel Prioli (que foi aluno e funcionário de Vlado) e Dilea Frate, o texto apresenta um panorama do clima tenso vivenciado durante o período.

O texto está disponível neste link.

Mais informações: email agenusp@usp.br

Agência USP de Notícias
| Agência USP agora é Jornal da USP | Créditos | Direitos autorais | Newsletter | Sobre a Agência
Rua da Reitoria, 109 bloco L - 5º andar
CEP 05508-900 - São Paulo - Brasil
E-mail: Fale Conosco


© 2000-2021 Universidade de São Paulo