São Paulo, 13/12/2005 - Boletim nº1767
geofísica
Grandes glaciações chegaram
a atingir regiões equatoriais

Novas evidências sugerem que
havia gelo no cráton amazônico
na época em que ele estava em
regiões próximas à linha do equador
leia...
FSP desenvolve farinha
de alto valor nutricional
IPq oferece curso sobre
transtornos alimentares

       
veja também: Cursos e Palestras  |  Agenda Cultural  |  Publicações  |  Quadro de Avisos
visite nosso site: www.usp.br/agenciausp


A reprodução do conteúdo informativo desse boletim em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou
impresso, é permitida mediante a citação nominal da Agência USP de Notícias como sua fonte
de origem.


Destaques

Período pós-glacial pode ter durado até 1 milhão de anos

André Benevides

Uma nova evidência está reforçando a idéia de que as grandes glaciações, que ocorreram entre 800 milhões e 580 milhões de anos atrás, realmente atingiram regiões equatoriais. O estudo de rochas denominadas carbonatos de capa, extraídas no local em que está hoje o estado do Mato Grosso, revelou que elas estavam em uma latitude geográfica de 22 graus à época em que foram formadas. "O que podemos afirmar é que havia gelo no cráton amazônico enquanto ele estava próximo à linha do equador", explica o geofísico Eric Font, autor de doutorado defendido pelo Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP, em novembro.

A descoberta corrobora a teoria mais aceita sobre as glaciações, denominada de Terra Bola de Neve (Snowball Earth). Nestes eventos, segundo esta tese, o globo terrestre teve a maior parte de sua cobertura revestida por gelo e neve. O modelo afirma ainda que a isso se seguiu um período extremamente quente, em que o gelo derreteu rapidamente. Os carbonatos de capa teriam se formado após o derretimento , num processo que demorou entre 10 mil e 100 mil anos, um ponto contestado por Font. "Nossos resultados indicam que isso pode ter demorado até 1 milhão de anos para se concretizar."

Em diversos continentes, sedimentos glaciais, que se formam normalmente em zonas polares, estão sobrepostos pelas rochas carbonáticas, originais de regiões tropicais, iguais as estudadas por Font. Esta aparente contradição é que dá margem ao conceito da terra recoberta por gelo.

Durante a sedimentação dos carbonatos de capa, os cristais de ferro presentes se orientam de acordo com o campo magnético terrestre, da mesma maneira que o ponteiro de uma bússola aponta sempre para o Norte. Assim, esta informação fica gravada nas rochas (o registro paleomagnético), possibilitando, a partir de amostras, determinar a posição do pólo magnético da época de sua formação e ainda derivar a latitude em que isso ocorreu.

Inversões
Os pólos magnéticos terrestres, não só podem mudar de posição, como também sofrer reversões, por razões ainda não inteiramente compreendidas. Ao longo da evolução da Terra, o planeta se caracteriza por períodos de altas freqüências de reversões (como no Mioceno, cerca de 23 milhões de anos atrás) e épocas consideradas estáveis. A equipe de Font foi a primeira a encontrar evidências destas altas freqüências de inversões magnéticas nos carbonatos de capa.

Comparando com as freqüências do período Mioceno, eles estimaram o tempo de formação dos carbonatos de capa em cerca de 100 mil a 1 milhão de anos, um período muito maior que o previsto pelo modelo da Terra Bola de Neve. "Quando publicamos o artigo, em 2003 (na revista cientifica Terra Nova), fomos muito criticados por propor esta idéia. Hoje diversos estudos confirmam os mesmos dados."

Diversidade
Segundo Font, a época da glaciação estudada (a Marinoano há 635 milhões de anos) é ainda pouco conhecida em termos de clima e paleogeografia. Sabe-se que neste momento haviam dois supercontinentes que dominavam o planeta, Gondwanas Oeste e Leste, e que se juntaram cerca de 500 milhões de anos atrás. Como os registros do pesquisador determinam o primeiro pólo paleomagnético do cráton Amazônico, agora é possível localizá-lo dentro deste contexto. "A proximidade a regiões equatoriais poderia ter influenciado a evolução da vida, como por exemplo a diversificação das espécies que caracteriza o Cambriano (por volta de 544 milhões de anos atrás)".

O doutorado de Font foi o primeiro feito em co-tutela entre a USP e a Universidade de Toulouse III, com orientação dos professores Ricardo Ivan Ferreira Trindade e Anne Nédélec. Outro aspecto inédito do trabalho no IAG foi que parte da defesa foi realizada por vídeo-conferência com um dos membros da banca, sincronizando a instituição com a Universidade da Flórida (EUA).

Mais informações: (0XX11) 8101-5045 ou font_eric@hotmail.com, com o pesquisador




Farinha nutritiva tem maior teor de proteínas, minerais e ferro com total ausência de gorduras

Charles Nisz

Farinha de trigo com alto valor nutritivo e salgadinhos com teor reduzido de gordura. A invenção, do professor José Alfredo Gomes Arêas, da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, consiste em enriquecer o produto a partir da combinação de matérias primas de alto valor nutritivo como linhaça, amaranto, grão-de-bico, pulmão bovino e rúmen (um dos estômagos do boi) que podem ser misturadas às farinhas convencionais na elaboração de produtos alimentícios.

A equipe do professor Arêas trabalha no projeto há 10 anos e pretende que essa invenção possa ter aplicações em escala industrial. O produto pode ser utilizado na produção de salgadinhos tipo snack, biscoitos e barras de cereal, por exemplo. Acredita-se que a produção seja viável, pois "para as indústrias de alimentos a diferenciação dos produtos é uma importante estratégia de marketing", aponta o professor, cuja invenção foi patenteada em agosto deste ano.

Produtos desenvolvidos com a farinha enriquecida já foram testados e os resultados foram animadores. No caso dos snacks, um dos tipos desenvolvidos a base de milho, grão-de-bico e pulmão bovino foi testado em crianças anêmicas no Piauí. Foi realizada uma intervenção na qual as crianças consumiram o salgadinho três vezes por semana durante dois meses. Após o período de testes, a taxa de anemia observada nas crianças decresceu de 65% para 11,5% devido ao consumo do produto.

Os snacks desenvolvidos possuem valor nutritivo superior aos encontrados no mercado, que têm muita gordura e pouca proteína. Segundo Vanessa Capri, que integra a equipe de pesquisa, "os salgadinhos apresentam teores significativamente maiores de proteínas, fibras, cálcio e ferro e com redução, e até mesmo eliminação, da gordura presente. Aliado a melhora do valor nutricional, os produtos mantiveram o mesmo sabor dos snacks convencionais, indicando não haver barreiras para a sua comercialização".

A fabricação de produtos com as farinhas desenvolvidas não requer alterações dos processos convencionais de produção de alimentos. "A propriedade intelectual destas invenções está protegida por patente", diz Vanessa. "Atualmente estamos em fase de negociações para transferência desta tecnologia para interessados em produzir estes produtos."

Os interessados devem entrar em contato com a Agência USP Inovação por meio dos telefones (0XX11) 3091-4474 e 4415.

Mais informações: (0XX11) 3066-7765




Cursos e Palestras

Cursos em Transtornos Alimentares e Terapias Cognitivas
O Ambulatório de Bulimia e Anorexia (Ambulim) e o Serviço de Psicologia do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina (FMUSP) realizarão durante o ano de 2006 os seguintes cursos: Curso Avançado de Transtornos Alimentares (para psicólogos) e Curso Avançado em Terapias Cognitivas (para médicos e psicólogos).

O primeiro curso, com duração de um ano, tem como objetivo desenvolver conhecimentos e capacitar os participantes nas habilidades para o tratamento dos Transtornos Alimentares. Serão 500 horas/aula, incluindo aulas teóricas, seminários, supervisão clinica e discussão de casos. São oferecidas 20 vagas. As mensalidades são de R$350,00. A seleção constará de prova escrita e entrevista.

O Curso Avançado em Terapias Cognitivas tem duração de dois anos e visa desenvolver conhecimentos teórico-práticos relativos às abordagens cognitivas de psicoterapia, habilitando os alunos para a prática clínica e ambulatorial. No total, serão 550 horas/aula. São oferecidas dez vagas, e as mensalidades cobradas são de R$500,00. A seleção será feita por meio de entrevista.

As inscrições para ambos os cursos custam R$50,00 e podem ser feitas até 13 de janeiro (Trantornos Alimentares) ou até 31 de janeiro (Terapias Cognitivas) no Programa de Aprimoramento de Pessoal do Hospital das Clínicas (HC), na R. Dr. Ovídio Pires de Campos, 471, térreo, Consolação, São Paulo.

Mais informações: (0XX11) 3069-6975; e-mail cursosambulim@gmail.com; site www.ambulim.org.br


FSP realiza I Encontro de Pesquisa e Pós-graduação
Acontece nesta terça-feira (13), das 9 às 17 horas, o I Encontro de Pesquisa e Pós-graduação da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP. o evento tem como finalidade divulgar e promover a discussão dos trabalhos em andamento na FSP, realizados por alunos de iniciação científica e de pós-graduação.

A abertura acontecerá nesta terça às 9 horas, com o professor Luiz Nunes de Oliveira, que vai minstrar a conferência A pesquisa na USP. Em seguida, haverá apresentações de trabalhos.

Os interessados em acompanhar o encontro podem se inscrever gratuitamente, no início do evento. A FSP fica na Av. Dr. Arnaldo, 715, Consolação, em São Paulo.

Mais informações: (0XX11) 3066-7790


FCAV discute privacidade e segurança em rede
Nesta quinta-feira (15), às 19 horas, a Fundação Vanzolini (FCAV) promove a palestra Privacidade, Segurança em rede orientada pela NBR/ISO 17.799-2005. O evento faz parte da Quinta Tecnológica, um ciclo de palestras sobre Tecnologia da Informação.

O palestrante César Augusto Asciutti, colaborador do eLabSoft e membro da Information System Security Association (ISSA), apresenta conceitos de privacidade e segurança, balizados por boas práticas, normas e orientações aceitas por organismos nacionais e internacionais. A discussão será também acerca da utilização de procedimentos de segurança em rede, processos, planejamento, controles, desenvolvimento, treinamento, implantação e acompanhamento para projetos de segurança, plano de contingência e recuperação de desastres. Mostra a importância da certificação e as legislações referentes à segurança e sanções punitivas.

A entrada gratuita e as inscrições devem ser feitas pelo telefone (0XX11) 3541-3789 até terça-feira (13). São oferecidas 80 vagas. A palestra acontece na Unidade Paulista (Av. Paulista, 967, 5º andar, Cerqueira César, São Paulo.

Mais informações: (0XX11) 3541-3789 ou e-mail palestra@vanzolini.org.br




Publicações

Livro traz reflexões e reproduções de obras de Luise Weiss
A Editora da USP (Edusp) lançou recentemente a obra Luise Weiss (co-editora Imprensa Oficial, 160 págs, R$70,00), da Coleção Artistas da USP.

O livro traz reproduções de séries de obras da artista, acompanhadas de reflexões da própria autora sobre o seu fazer artístico e de textos de críticos e artistas como Leon Kossovitch, Norval Baitello Júnior, Evandro Carlos Jardim e Renina Katz.

Weiss recupera o passado para a atualidade por meio de uma infinidade de desenhos, pinturas, objetos e escritos, perseguindo a linguagem adequada para a representação de imagens difusas na memória e concretas nos registros. O livro oferece um depoimento de como a criação artística não consegue se separar do acervo de emoções na busca do conhecimento no seu sentido mais amplo.

Mais informações: (0XX11) 3091-2911 (Serviço de Atendimento ao Cliente da Edusp)




Quadro de Avisos

Inauguração do Setor de Análise de Poluentes Orgânicos Tóxicos na FSP
Será inaugurado na próxima quarta-feira (14), às 11 horas, o Setor de Análise de Poluentes Orgânicos Tóxicos do Laboratório de Qualidade do Ar e Ventilação, do Departamento de Saúde Ambiental da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP. O Departamento é coordenado pelo professor João Vicente de Assunção.

O Departamento de Saúde Ambiental passará a contar com sistema de cromatografia gasosa e espectrometria de massa, obtido com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). O sistema faz parte de um projeto de pesquisa em desenvolvimento, por meio do qual serão desenvolvidas análises de poluentes orgânicos de especial interesse para a saúde pública.

A inauguração será na sala 219, 2º andar da FSP (Av. Dr. Arnaldo 715, Consolação, São Paulo).

Mais informações: (0XX11) 3081-5091


Professores apresentam projetos sobre impactos ambientais
Cerca de 230 professores e assistentes técnico-pedagógicos da rede pública participaram na manhã do último sábado (10) do encerramento das atividades do Curso de Aperfeiçoamento sobre Impactos Ambientais em Áreas Urbanas, promovido pelo Núcleo de Apoio Social, Cultural e Educacional (NASCE), da USP Leste, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação.

O encerramento foi marcado pela a apresentação de projetos elaborados pelos professores das disciplinas de geografia, ciências, biologia, química, física e matemática, que agora levarão a discussão dos impactos ambientais para o cotidiano do aluno em sala de aula. Cerca de 50 assistentes técnico-pedagógicos (ATPs), que também participaram do curso, passarão orientar a equipe escolar no desenvolvimento de projetos ligados ao tema.

Para Marlene Gardel, coordenadora do grupo de educação ambiental da Secretaria da Educação, o envolvimento dos professores durante o curso foi de fundamental importância. Ela destacou também a importância do projeto para a melhoria da qualidade de ensino. “Os professores que participaram tiveram a oportunidade de conhecerem e se adaptarem às questões ambientais. Isso possibilitará uma mudança na postura da comunidade escolar em relação a valorização e a consciência com o meio ambiente”, disse.

Mais informações: (11) 3218-2020 / 3218-2061 / 3278-2062 / 9609-2431, na Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Educação


XVIII Maratona Minerva de Empreendedorismo
Começa nesta quinta-feira (15) a XVIII Maratona Minerva de Empreendedorismo. Aberto a todos os alunos regulares da USP, o treinamento ocorre de forma concentrada, encerrando-se na noite de sábado (18).

No programa traz os seguintes temas: Capital Social e como desenvolvê-lo; Criatividade; Motivação, estabelecimento de metas; Planejamento; Eficiência e Qualidade; Trabalho em equipe; e Liderança. O custo do curso é de R$50,00, pagos na inscrição. Os participantes recebem o certificado de conclusão após concluírem um trabalho de campo relacionado à geração de capital social.

O evento é promovido pelo Centro Minerva de Empreendedorismo (CME), da Escola Politécnica da USP. O objetivo do CME é disseminar o espírito empreendedor junto à comunidade USP, promovendo a formação de profissionais criativos e e comprometidos com o desenvolvimento social e econômico do país.

Mais informações: (0XX11) 3091-9074; e-mail cme@centroempreendedor.com.br




Teses e Dissertações

Escola de Engenharia de São Carlos

Doutorado

Estudo psicofísico sobre conspicuidade, estética e harmonia ambiental de sinais de trânsito. Adriane Monteiro Fontana. Dia 15, às 14 horas.

Mais informações: (0XX16) 3373-9250 / 3373-9235


Faculdade de Ciências Farmacêuticas

Mestrado

Parâmetros nutricionais e hematológicos de ratos alimentados com soja (Glycine Max. L.) geneticamente modificada. Patricia Cintra. Dia 15, às 9h30.

Desenvolvimento de formulações de recheio para bombons para fins especiais com características funcionais. Marissol Richter. Dia 15, às 9h30.

Mais informações: (0XX11) 3091-3661


Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade

Doutorado

Estratégia empresarial, aprendizagem e competências: análise de suas inter-relações em uma empresa de telecomunicações do Norte do Paraná. Luciano Munck. Dia 16, às 8 horas.

Adesão do contabilista ao código de ética da sua profissão: um estudo empírico sobre percepções. Francisco José dos Santos Alves. Dia 16, às 10 horas.

Mais informações: (0XX11) 3091-6074


Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas

Mestrado

Marcas de intolerância no combate aos estrangeirismos: o caso dos galicismos. Maria Aparecida Cabañas . Dia 13, às 14 horas.

A atualidade do acontecer - contribuição à leitura do projeto de mediação histórica na hermenêutica filosófica de Has-Georg Gadamer. André Gustavo de Melo Araújo. Dia 13, às 14 horas.

A unidade da verdade em Erasmo de Rotterdam. Silvio Lúcio Franco Nassaro. Dia 13, às 14 horas.

A manifestação da oralidade em entrevistas escritas. Patrícia Gimenez dos Santos Minari. Dia 14, às 14 horas.

O ensino da cartografia nas séries iniciais: estudo sobre metodologia e a prática docente. Waldiney Gomes de Aguiar. Dia 14, às 14 horas.

Aí fui inu, fui inu, aí peguei arrumei uma casa no capoava lá. Construções seriais em português brasileiro: estudo com dados da comunidade negra de Pedro Cubas, Vale do Ribeira/SP. Dayane Cristina Pal. Dia 15, às 9 horas.

Razão e sentimento na teoria moral de Hume. Marcos Ribeiro Balieiro. Dia 15, às 14 horas.

A estatística e a semiótica: imbriação de olhares sobre textos neotestamentários. Edenis Gois Cavalcanti. Dia 15, às 14 horas.

Doutorado

Identidade e diferença em 'O Homem Duplicado', de José Saramago. Tereza Isabel de Carvalho. Dia 14, às 14 horas.

A contribuição de Esdras à prática-judaíca. Donizete Scardelai. Dia 15, às 15 horas.

Mais informações: (0XX11) 3091-4613


Faculdade de Medicina

Mestrado

Avaliação de sistema nervoso simpático em pacientes deprimidos
. Andréia Zavaloni Scalco. Dia 15, às 14 horas.

Doutorado

Avaliação volumétrica e neuroquímica do córtex pré-frontal dorsolateral esquerdo de pacientes pediátricos com transtorno depressivo maior: um estudo utilizando espectroscopia por ressonância magnética de próton. Sheila Cavalcante Caetano. Dia 15, às 8h30.

Efeito dos anticonvulsivantes gabapentina e carbamazepina associados ou não ao antidepressivo amitriptilina no controle da dor neuropática em pacientes portadores de Hanseníase. Lia Rachel Chaves do Amaral Pelloso. Dia 15, às 14 horas.

A estrutura da sensibilidade moral dos psiquiatras do Brasil. Marcos Liboni. Dia 16, às 8h30.

Análise quantitativa de DNA mitocondrial em astrocitomas difusos e a sua correlação com o prognóstico. Nancy Huang. Dia 16, às 14 horas.

Mais informações: (0XX11) 3064-7579


Instituto de Biociências

Doutorado

Estudos filogenéticos e taxonômicos em Marantaceae, com ênfase em Maranta L. Silvana Vieira. Dia 14, às 13h30.

Mais informações: (0XX11) 3091-7517 / 7490


Instituto de Matemática e Estatística

Mestrado

Análise de sobrevivência com fração de fidelizados: uma aplicação na área de marketing. Igor Luiz Quidim. Dia 15, às 10 horas.

Mais informações: (0XX11) 3091-6121


Instituto Oceanográfico

Mestrado

Distribuição e fluxos de CO2 no sistema estuarino-lagunar de Cananéia. Paulo Eduardo Rivelli Durigon. Dia 15, às 14 horas.

Mais informações: (0XX11) 3091-6528



sobre a Agência USP de Notícias |  direitos autorais |  créditos |  mande um email

Av. Prof. Luciano Gualberto, Travessa J,n.374 Sala 244 CEP05586-000 São Paulo Brasil
(00XX11) 3091-4411  agenusp@usp.br