ISSN 2359-5191

29/09/2008 - Ano: 41 - Edição Nº: 94 - Meio Ambiente - Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos
Carrapato ameaça comprometer boas notícias na pecuária

São Paulo (AUN - USP) -Acostumado com as boas notícias do campo (taxas de crescimento avançando, recordes de exportação), grande parte dos brasileiros desconhece um dos principais problemas que assola a pecuária nacional. O bom desempenho da área sofre muitas vezes por um inimigo minúsculo que compromete a produtividade da pecuária bovina, um dos destaques do setor: o carrapato-boi. Com o intuito de colocar a questão em debate e destacar os avanços na área, os professores Marcelo de Campos Pereira e Marcelo Bahia Labruna (do Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal - VPS) lançam no próximo dia 2 de outubro, às 19h30, na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), o livro ??Rhipicephalus (Boophilus) microplus: Biologia, Controle e Resistência?.

A variedade é a principal espécie de carrapato combatida no Brasil. Estimativas de prejuízos causados pelo ácaro giram em torno de um bilhão de dólares anuais. ??? a espécie de carrapato que representa o maior interesse econômico entre as espécies no hemisfério sul, América Central e México, portanto, seu controle é motivo de grandes preocupações para os bovinocultores, a ponto de centralizar as atenções da indústria de carrapaticidas, órgãos governamentais e instituições de ensino e pesquisa de diversos países?, afirma Marcelo Pereira, do Departamento de Patologia (VPT) da FMVZ.

De ampla ocorrência na América do Sul, a espécie causa perdas, principalmente, pela ingestão de sangue, podendo comprometer a produção de carne e leite, pela inoculação de toxinas e transmissão de agentes infecciosos, e na queda da qualidade do couro bovino, causadas pelas cicatrizes deixadas durante a alimentação.

Segundo Pereira, o maior obstáculo hoje é a falta de aplicação, pelos criadores, das tecnologias geradas por meio das pesquisas. ??Fica bem claro os progressos adquiridos e acumulados na metodologia dessa luta em relação ao que já se conhecia no início do século XX. Sabemos muito bem controlá-lo, mas são poucas as propriedades que adotam, a campo, esse conhecimento?, diz ele.

A publicação, que conta ainda com a autoria do professor Matias Pablo Juan Szabó, da Universidade Federal de Uberlândia, e do pesquisador Guilherme Marcondes Klafke, é indicado para estudantes de Medicina Veterinária, pesquisadores da área, profissionais que trabalham no campo, professores de parasitologia e todos que buscam informações técnicas e atualizadas acerca do problema.

Leia também...
Nesta Edição
Destaques

Educação básica é alvo de livros organizados por pesquisadores uspianos

Pesquisa testa software que melhora habilidades fundamentais para o bom desempenho escolar

Pesquisa avalia influência de supermercados na compra de alimentos ultraprocessados

Edições Anteriores
Agência Universitária de Notícias

ISSN 2359-5191

Universidade de São Paulo
Vice-Reitor: Vahan Agopyan
Escola de Comunicações e Artes
Departamento de Jornalismo e Editoração
Chefe Suplente: Ciro Marcondes Filho
Professores Responsáveis
Repórteres
Alunos do curso de Jornalismo da ECA/USP
Editora de Conteúdo
Web Designer
Contato: aun@usp.br