ISSN 2359-5191

19/09/2011 - Ano: 44 - Edição Nº: 86 - Sociedade - Centro de Preservação Cultural
Bordadeiras encerram projeto com exposição no Centro de Preservação Cultural

São Paulo (AUN - USP) - Retratar as inúmeras facetas da cidade de São Paulo por meio da tradicional arte do bordado. ? exatamente isso que propõe a exposição ??Bordar São Paulo?, em cartaz até 30 de setembro no Centro de Preservação Cultural (CPC), mais conhecido como Casa de Dona Yayá. A mostra encerra oficialmente o projeto homônimo que foi iniciado no último mês de julho no CPC e que contou também com oficina de bordado, sarau e apresentações artísticas.

Quatro grupos de bordado da capital paulista participaram da organização da exposição: ??Teias de Aranha?, ??Mãos de Ariadne?, ??Ponto a Ponto? e ??Laços e Traços?. De acordo com a curadora Elizabeth Ziani, que também é integrante do grupo Teias de Aranha, a ideia da mostra surgiu de maneira despretensiosa, a partir de um exercício já praticado pelo seu grupo. ??O Teias de Aranha nasceu da literatura do escritor mineiro João Guimarães Rosa e há 10 anos nós bordamos sua obra e as paisagens do sertão de Minas. Mas depois desses anos todos indo para lá e fazendo esse trabalho, senti o desejo de bordar a minha cidade, de desenvolver uma obra sobre as minhas raízes que fosse mais próxima do nosso grupo. Foi então que propus a ideia e todos logo aceitaram o desafio?, explica a curadora.

Entre os trabalhos expostos no CPC está o painel ??São Paulo?, desenvolvido em quatro módulos de 0,80cm x 2m cada, que levou dezoito meses para ser produzido em conjunto pelas quatro entidades e que representa algumas paisagens conhecidas da capital paulista. Além deste, destaca-se também o painel ??Bordar São Paulo ?? um retalho da nossa cidade?, criado entre os meses de julho e agosto pelos moradores da região do Bixiga participantes da oficina de bordado que deu início ao projeto. ??A proposta da oficina ministrada pela Rioco Kayano e pela Silvia Mithie foi a de registrar as histórias do Bixiga através das referências afetivas dos moradores e freqüentadores do bairro. Muitos deles tinham apenas a experiência do bordado tradicional, mas nunca tinham utilizado essa técnica coletiva, o que gerou um resultado bastante surpreendente?, contou Elizabeth.

Podem ser vistos ainda mais 10 painéis que tematizam a memória, a literatura, o meio ambiente e as diversas histórias dos lugares retratados. Os materiais que foram utilizados durante a oficina, como a bancada de trabalho, os desenhos, as agulhas e os tecidos, e alguns registros visuais das atividades, incluindo fotos e vídeos, compõem o restante da mostra.

??O mais interessante é que com essa experiência pudemos perceber que o bordado continua tocando profundamente as pessoas. Elas de alguma forma se lembram da mãe, da avó, ou de alguma outra pessoa próxima que costumava bordar e assim sentem também uma vontade repentina de pegar a agulha e aprender. E, apesar de ser uma linguagem bastante antiga, a prática adquiriu uma nova forma com o Bordado Livre. Desse redimensionamento surgiu a simplicidade desses desenhos que foram aqui criados, que são preenchidos com delicadeza e beleza. ? uma linguagem que vem tomando um espaço importante, já que permite esse compartilhamento da experiência de criação?, completou a curadora.

Exposição Bordar São Paulo
Período: 30/07/2011 a 30/09/2011
Local: Centro de Preservação Cultural (CPC)/Casa de Dona Yayá, Rua Major Diogo, 353, Bela Vista, São Paulo, SP
Funcionamento: Segunda a sexta, das 10h às 16h
Ingressos: Gratuito

Leia também...
Nesta Edição
Destaques

Educação básica é alvo de livros organizados por pesquisadores uspianos

Pesquisa testa software que melhora habilidades fundamentais para o bom desempenho escolar

Pesquisa avalia influência de supermercados na compra de alimentos ultraprocessados

Edições Anteriores
Agência Universitária de Notícias

ISSN 2359-5191

Universidade de São Paulo
Vice-Reitor: Vahan Agopyan
Escola de Comunicações e Artes
Departamento de Jornalismo e Editoração
Chefe Suplente: Ciro Marcondes Filho
Professores Responsáveis
Repórteres
Alunos do curso de Jornalismo da ECA/USP
Editora de Conteúdo
Web Designer
Contato: aun@usp.br