HOME II BIENAL CALENDÁRIO APRESENTAÇÕES TEXTOS PARCEIROS EXPEDIENTE CONTATO
Espetáculo:
VILLA:
(CHILE)

Três mulheres avaliam diferentes propostas sobre o que fazer com a Villa Grimaldi, um centro de tortura e extermínio na ditadura de Pinochet.

As personagens discutem em torno de uma mesa, refletindo dilemas atuais de organizações de direitos humanos e sobre o presente dos espaços ligados à violência do Estado.

Como explicar o horror do passado sem cair em uma produção de parque temático ou na fria reprodução de um museu de arte contemporânea?

Com esparsos recursos cênicos, utilizados de forma potente, o trabalho é um reflexo do campo simbólico, teatral, sobre o peso de sinais e responsabilidades e dos fantasmas daqueles que têm a tarefa de decidir como escrever o passado.

Apesar da densidade da matéria, as atrizes conseguem encarnar uma complexa discussão de ideias e atitudes em relação à violência e a dor.

Guillermo Calderón (1971) não tinha a intenção de ser dramaturgo ou diretor. Começou como ator na televisão e no teatro, incluindo um papel em uma montagem de sucesso de Mala Onda, de Alberto Fuguet. Estudou teatro na Universidad de Chile e na Dell’Arte School of Physical Theater, California. Tem mestrado em artes na City University of New York. Escreveu e dirigiu Neva, Diciembre e Clase, obras que foram sucesso de público e crítica. Suas produções foram apresentadas em mais de 25 países e receberam diversos prêmios.

Seu último trabalho, Villa + Discurso, tem sido convidado a apresentar-se em diversos festivais internacionais de teatro desde 2011. Também se tornou roteirista, tendo escrito Violeta Se Fue a los Cielos (“Violeta foi para o céu”), filme biográfico sobre a cantora e compositora chilena Violeta Parra, inscrito pelo Chile na categoria de melhor filme em língua estrangeira no Oscar do ano passado.

Espetáculo VILLA
País CHILE
Quando 12 e 13 de DEZ 2015
Horário 20h
Local TUSP - Teatro da USP
Endereço Rua Maria Antônia, 294 - Consolação - 11 3123 5233 - 11 3123 5205
Duração 70 MIN
Lotação 98 LUGARES
Classificação 14 ANOS

Direção e Dramaturgia Guillermo Calderón Assistência de Direção María Paz González Elenco Francisca Lewin, Macarena Zamudio, María Paz González Direção de Arte María Fernanda Videla Produção FITAM / Teatro PLAYA

Tres mujeres alrededor de una mesa discuten diferentes propuestas sobre qué hacer con la Villa Grimaldi, un centro de tortura y exterminio en la dictadura de Pinochet. Los dilemas de las actuales organizaciones de derechos humanos y el presente de los espacios ligados a la violencia del Estado son tema de este espectáculo ¿Cómo explicar el horror del pasado sin caer en una producción de parque temático o en la reproducción fría de un museo de arte contemporáneo?

Guillermo Calderón (1971) estudió teatro en Chile y en EEUU. Escribió y dirigió Neva, Diciembre y Clase, obras que fueron éxito de público y crítica, presentadas en más de 25 países y que ganaron varios premios. La película Violeta Se Fue a los Cielos, baseada en un guión de su autoria fue representante de Chile en la categoria de mejor película en lengua extranjera para los premios Oscar del año pasado.

Three women around a table discuss different proposals on what to do with Villa Grimaldi, a center of torture and extermination during Pinochet’s dictatorship. The current dilemmas that human rights organizations face and the presence of spaces related to State violence are the subjects of this performance. How to explain the horrors of the past without becoming a theme park production or the cold reproduction of a contemporary art museum?

Guillermo Calderón (1971) studied theater in Chile and in the US. He wrote and directed Neva, Diciembre and Clase, performances that were both critical and commercial successes, shown in more than 25 countries and winners of several awards. The film Violeta Se Fue a los Cielos (Violeta went to Heaven), based a script he wrote, was Chile’s nomination for best foreign language film at the Academy Awards last year.

Baixe a Agenda ou o Catálogo completo da II Bienal
CALEN-
DÁRIO
22h
27 NOV
2015
Brasil
Espetáculo: Anatomia do Fauno
Sp Escola – Roosevelt
17h
28 NOV
2015
Brasil
Abertura da Bienal: Maria Arminda do Nascimento Arruda
TUSP - Teatro da USP
17h
28 NOV
2015
México
Conferência: Alberto Villarreal
TUSP - Teatro da USP
20h
28 NOV
2015
México
Espetáculo: O Rumor do Incêndio
TUSP - Teatro da USP
22h
28 NOV
2015
Brasil
Espetáculo: Anatomia do Fauno
Sp Escola – Roosevelt
20h
29 NOV
2015
México
Espetáculo: O Rumor do Incêndio
TUSP - Teatro da USP
CARREGAR MAIS
apoios /
parce-
rias /
agrade-
cimen-
tos

Agradecimentos Abílio Tavares, Abril Alzaga, Adriana Fragalle Moreira, Aline Rosa Lopes Santana Barros Dezio e equipe de compras Reitoria/USP, Beatriz Elena Paredes Rangel, Camila Rodrigues, Camilla de Carli, Carla Estefan, Cecílio de Souza, Celso Frateschi, Centro de Estudos Migratórios, Consulado Geral do México em São Paulo, Eduardo Alves, Elen Londero, Embaixada do México no Brasil, Flavio Desgranges, Flávio Pontes, Gabriel Salles, Giuliana Simões, Grupo Coordenador de Atividades de Cultura e Extensão Universitária do Campus de São Carlos, Guilherme Marques, Hamilton de Castro Teixeira Silva, Ileana Dieguez, Inerte, Ivam Cabral, Jean Carlo Cunha, João Marcos de Almeida Lopes, José Gerardo Traslosheros Hernández, Kil Abreu, Leticia Carvalho, Limão Rosa Café e Duilio Ferronato, Luis Carlos da Conceição, Mara Célia Ramos Teixeira, Marcelo Denny, Marcelo D’Avilla, Maria Arminda do Nascimento Arruda, Maria Fernanda Vomero, Mario Espinosa, Missão Paz, Movimento dos Teatros Independentes de São Paulo, Oscar Soberane Benítez, Pe. Antenor Dalla Vecchia, Pe. Paolo Parisi, Pedro Granato, Ricardo Pettine, Sandra Cristina Campos, Sesc Santos, Socorro Barbosa, Sonia Gra etti, Sonia Sobral, SP Escola de Teatro, Stenio Ramos, Sylvia Caiuby Novaes, Sylvia Moreira, Tuca Capelossi, Valdecir Gouvea, Valdir Previde, Vicente Mattos e Valmir Santos.