Navios Iluminados

Ranulfo Prata

Último romance de Ranulfo Prata (1896-1942), publicado em 1937, ‘Navios Iluminados’ tem como cenário o porto de Santos, e como protagonista o estivador Severino, imigrante nordestino que vem em busca de trabalho na cidade, deixando a família e sua pequena propriedade rural. Juntamente com outros operários das Docas de Santos, moradores do bairro do Macuco, locais onde se passa a ação do romance, o protagonista depara-se aqui também com a fome, a humilhação e as doenças. Luís Bueno observa que a obra se estrutura num movimento pendular que alterna os momentos de esperança do protagonista com a dureza da realidade dos trabalhadores das Docas, e esse movimento ‘entranhado no desenvolvimento das ações do romance, dá uma representação artística exemplar daqueles anos em que uma guerra decisiva parecia inevitável e os ideais que pensavam uma sociedade pós-liberal justa têm que ser adiados’.

 

Link da Editora Com-Arte