Diversidade em Ciência: Waldenyr Caldas fala sobre a música sertaneja e o seu aspecto ideológico, político e cultural

Jornal da USP, em 26/10/2020

O entrevistado, entre outros tópicos, analisa a relação da música sertaneja com a exaltação do regime militar e o seu processo histórico

No Diversidade em Ciência, Ricardo Alexino Ferreira entrevista o sociólogo Waldenyr Caldas, professor titular da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo, que fala sobre a música sertaneja e a sua interseção com a cultura, a política e o consumo.

Durante a entrevista, Waldenyr Caldas analisa a relação da música sertaneja com a exaltação do regime militar e o seu processo histórico. Também explica a diferença entre música caipira e música sertaneja e as suas representações na indústria cultural. Também são apresentados os pioneiros da música sertaneja e as primeiras duplas formadas.

Waldenyr Caldas é autor do livro Acorde na Aurora: Música Sertaneja e Indústria Cultural (Editora Nacional), considerado uma das mais importantes obras para entender o caráter da música sertaneja e o seu processo histórico. Ele também é autor e organizador de mais outras 12 obras sobre o assunto.


Diversidade em Ciência

Diversidade em Ciência é um programa de divulgação científica voltado para as ciências das diversidades e direitos humanos, e vai ao ar toda segunda-feira, às 13 horas, com reapresentações às terças-feiras, às duas horas da manhã, e aos sábados, às 14 horas, com direção e apresentação do jornalista e professor da ECA-USP e membro da Comissão de Direitos Humanos da USP, Ricardo Alexino Ferreira, e operação de áudio de João Carlos Megale.

Diversidade em Ciência é gravado nos estúdios do Departamento de Comunicações e Artes/Educomunicação, da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

A Rádio USP-FM pode ser sintonizada em 93,7 MHz/SP ou pelo link http://jornal.usp.br/radio/