logotipo do Claro!

Delírios da veste em ato

Por Bianca Kirklewski

PEN!

PEEN!

PEEEN!

 

O sino final anuncia o início. Silêncio.

O frio que assume espaço na barriga dos que estão sentados é menor do que o daquelas a quem aguardam.

Borboletas. Em um patamar acima, permanecem abrigadas em coxias. Envoltas por casulos. Casulos que, ao mesmo tempo que cobrem, camuflam. Até que o fulgor as atrai para o tablado, desatando suas asas.    

 

Tem que vir de dentro para fora, e não o contrário.

Se dependermos completamente disso, nunca poderemos voar.

 

Por meio de atos, palavras ou impulsos, suas vestes as transformam em vento.

Incorporamos e nos distanciamos ainda mais de quem somos.

 

Cútis. Couro. Casca. Corpo. É a pele de um camaleão tomando diversas cores e texturas. Metamorfoseia e faz o caminho entre céu e chão. Valoriza movimentos, estéticas e nuances, ajuda a trazer o peso e sua realidade.

 

Nos confins da cena, contemplação fixa de um devaneio coletivo. Corpos de tecido que substituem, cobrem e atiçam entendimento de quem assiste e de quem faz.

 

No palco, com as luzes, os figurinos trazem algo a mais, complementam o que queremos dizer.

 

E regem. Nos mostram até onde podemos ir e como devemos nos comportar.

 

Tal como o encerramento de um dia, o ápice se põe, se guarda. Os holofotes se apagam. O silêncio que antes trazia frio agora é preenchido pelo estalar de palmas abafadas.

 

Assim como o pôr-do-sol, cada vez no palco é única. Muito esperada, mas ao mesmo tempo breve. São momentos marcantes, mas que não se repetem.

 

 

Texto feito com base nos depoimentos dos atores Olavo Cavalheiro, Pier Marchi e Ana Flávia Fernandes e dos dançarinos Ariadne Okuyama, Julia Araujo e Hermano Cioruci a partir da pergunta “Se você tivesse que comparar seu processo de expressão artística quando está usando figurino com algum ciclo da natureza, qual seria?”.

 

O suplemento Claro! é produzido pelos alunos do 3º ano de graduação em Jornalismo, como parte da disciplina Laboratório de Jornalismo Impresso III.

Tiragem impressa: 8.000 exemplares

Expediente

Contato

Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443, Bloco A.

Cidade Universitária, São Paulo - SP CEP: 05508-900

Telefone: (11) 3091-4211

clarousp@gmail.com