Programas e Oportunidades

 

  • Pró-Aluno

    "Pró-Aluno" é um programa da Pró-Reitoria de Graduação, que tem como objetivo dar subsídios em informática para os alunos da Universidade de São Paulo. A sala Pró-Aluno da EEFE-USP tem uma rede local com 14 computadores Pentium 120, 16Mb de memória e duas impressoras XEROX Personal Printer 4003. A rede é gerenciada por um servidor Pentium 120 com o software MS Windows NT Server, que gerencia as estações com o sistema operacional MS Windows 95 e os aplicativos do MS Office. Horário de funcionamento: das 8h às 18h.
     

  • PET
    Mantido pela SESu-MEC, o PET tem como objetivos: complementar a formação acadêmica do aluno, aprimorando o futuro profissional, tornando-o crítico e atuante; promover a integração acadêmica com a futura atividade profissional; propiciar condições para o desenvolvimento de atividades extracurriculares, voltadas também para outras áreas permitindo uma cultura geral mais ampla.

     
  • Pró-PET-Saúde-Educação Física
    O Programa PRÓ-PET-Saúde são iniciativas atreladas ao Ministério da Saúde e ao Ministério da Educação que visam à formação de profissionais de saúde para um atendimento humanizado, qualificado e resolutivo, compatível com as necessidades de saúde da população no âmbito do SUS.
    O Programa disponibiliza bolsas para docentes/tutores, profissionais de saúde/preceptores vinculados às Unidades Básicas de Saúde (UBS) e estudantes de graduação das áreas da saúde (medicina, farmácia, nutrição, odontologia, terapia ocupacional, enfermagem, psicologia, educação física, nutrição e fisioterapia).
    Mais Insformações na site do Programa.
     
  • Monitoria
    Atividade exercida por alunos de Graduação, junto a cada disciplina de graduação ou junto aos cursos comunitários da EEFE
    Disponibilidade de vagas.

  • Iniciação à Pesquisa
    Desde o início do curso, o aluno de graduação já tem possibilidade de vivenciar as atividades nos Laboratórios e Grupos de Pesquisa da EEFE. As atividades podem ser desenvolvidas em forma de Estágio ou de Iniciação Científica. Aqueles que se destacarem, já podem iniciar seu próprio projeto de pesquisa e concorrer a uma bolsa de Iniciação Científica do CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) - programas PIBIC e projetos integrados, ou FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). Mais informações

  • Estágios
    Embora não obrigatórios, podem ser realizados no âmbito da Universidade ou em empresas conveniadas (obedecendo as regras constantes na Resolução USP no 4.850, de 10/08/2001). Os planos de atividades dos estágios são analisados pela Comissão de Graduação, que só aprova aqueles que considerar curriculares, no sentido de que devem complementar a formação profissional, por meio de vivência de experiências próprias da situação profissional.
    Mais informações