ABC dos pilotos e carros vencedores da Fórmula 1

Por Sergio Quintanilha

A história é escrita somente pela classe dominante e pelos vencedores, certo? Não, errado. Os perdedores e os dominados também conseguem contar a história. Assim como na vida, na política e na sociedade, as histórias dos perdedores podem ser tão interessantes como a dos vencedores. Na Fórmula 1 não é diferente. Um piloto como o francês Chris Amon ou como o brasileiro Wilson Fittipaldi Júnior (que nunca ganharam uma corrida) podem render histórias e reportagens incríveis.

Feita essa ressalva, quero sugerir aqui um abecedário de pilotos e carros da Fórmula 1 somente com os vencedores. Para entrar nas duas listas que aparecem a seguir, é necessário ter registrado pelo menos uma vitória nos 1.018 grandes prêmios já disputados (até o GP de Abu Dhabi de 2019). O objetivo desse abecedário é oferecer pistas para pesquisas, trabalhos de TCC ou simples reportagens sobre a Fórmula 1. Dentro de cada letra, a ordem de citação corresponde à importância de cada piloto, carro, motor ou pneu no ranking histórico da F1.

S de Schumacher e F de Ferrari: uma impressionante soma de 39 títulos e 567 vitórias. Juntos, Schumacher e Ferrari somaram 15 títulos e 216 vitórias.

Segundo os principais chefes de equipe do automobilismo, um bom carro de corrida tem a seguinte divisão de importância: 25% do piloto, 25% do chassi, 25% do motor e 25% dos pneus. Por isso, o ABC da Fórmula 1 foi dividido em duas partes: uma para os pilotos (sobrenome) e uma para os carros (construtor, motor e pneu). No caso dos pilotos, o critério de citação segue a seguinte ordem: a) número de títulos; b) número de vitórias; c) porcentagem de títulos por corrida; d) porcentagem de vitórias por corrida. Exceção: Rindt, único campeão post-morten, por ter uma história com maior valor-notícia (Traquina) do que a de Rosberg, que tem mais vitórias.

Sete letras não tiveram citação: E, O, Q, U, X (única sem nenhum participante), Y e Z. A letra S (de Schumacher, Senna e Stewart) é a que reúne o maior número de títulos e vitórias. São 15 títulos e 185 vitórias. A letra H tem três campeões com o mesmo sobrenome: Hill. Também aparecem repetições na letra R (dois campeões com o sobrenome Rosberg) e nas letra S (dois vencedores com o sobrenome Schumacher) e V (dois vencedores com o sobrenome Villeneuve). Confira o ABC dos pilotos.

A de Alonso (2 títulos, 32 vitórias), Ascari (2 títulos, 13 vitórias), Andretti (1 título, 12 vitórias), Arnoux (7 vit), Alboreto (5 vit), Alesi (1 vit).

B de Brabham (3 títulos, 14 vitórias), Button (1 título, 15 vitórias), Barrichello (11 vit), Berger  (10 vit), Bottas (7 vit), Brooks (6 vit), Boutsen (3 vit), Bryan (1 vit), Bonnier (1 vit), Baghetti (1 vit), Bandini (1 vit), Beltoise (1 vit), Brambilla (1 vit).

C de Clark (2 títulos, 25 vitórias), Coulthard (13 vit), Collins (3 vit), Cevert (1 vit).

D de Depailler (2 vit), De Angelis (2 vit).

E não tem piloto vencedor.

F de Fangio (5 títulos, 24 vitórias), Fittipaldi (2 títulos, 14 vitórias), Farina (1 título, 5 vitórias), Frentzen (3 vit), Fisichella (3 vit), Fagioli (1 vit), Flaherty (1 vit).

G de Gurney (4 vit), Gonzales (2 vit), Ginther (1 vit), Ghetin (1 vit).

H de Hamilton (6 títulos, 84 vitórias), Hakkinen (2 títulos, 20 vitórias), Hill (Graham, 2 títulos, 14 vitórias), Hill (Damon, título, 22 vitórias), Hunt (1 título, 10 vitórias), Hulme (1 título, 8 vitórias), Hawthorn (1 título, 3 vitórias), Hill (Phil, 1 título, 3 vitórias), Herbert (3 vit), Hanks (1 vit).

I de Ickx (8 vit), Irvine (4 vit), Ireland (1 vit).

J de Jones (1 título, 12 vitórias), Jabouille (2 vit).

K de Kubica, Kovalainen (1 vit).

L de Lauda (3 títulos, 25 vitórias), Laffite (6 vit), Leclerc (2 vit).

M de Mansell (1 título, 31 vitórias), Moss (16 vit), Massa (11 vit), Montoya (7 vit), McLaren (4 vit), Maldonado (1 vit), Mass (1 vit), Musso (1 vit).

N de Nilsson (1 vit), Nannini (1 vit).

O não tem vencedor.

P de Prost (4 títulos, 51 vitórias), Piquet (3 títulos, 23 vitórias), Peterson (10 vit),  Patrese (6 vit), Pironi (3 vit), Parsons (1 vit), Pace (1 vit), Panis (1 vit).

Q não tem piloto vencedor.

R de Rindt* (1 título póstumo, 6 vitórias), Rosberg (Nico, 1 título, 23 vitórias), Raikkonen (1 título, 21 vitórias), Roberg (Keke, 1 título, 5 vitórias), Reutemann (12 vit), Ricciardo (7 vit), Regazzoni (5 vit), Rodriguez (2 vit), Revson (2 vit), Ruttmann (1 vit), Rathmann (1 vit).

S de Schumacher (Michael, 7 títulos, 91 vitórias), Senna (3 títulos, 41 vitórias), Stewart (3 títulos, 27 vitórias), Scheckter (1 título, 10 vitórias), Surtees (1 título, 6 vitórias), Schumacher (Ralf, 6 vit), Siffert (2 vit), Sweikert (1 vit), Scarfiotti (1 vit).

T de Trintignant (2 vit), Tambay (2 vit), Taruffi (1 vit), Trulli (1 vit).

U não tem piloto vencedor.

V de Vettel (4 títulos, 53 vitórias), Villeneuve (Jacques, 1 título, 11 vitórias), Verstappen (Max, 8 vit), Villeneuve (Gilles, 6 vit), Vukovich (6 vit), Von Trips (2 vit).

W de Webber (9 vit), Watson (5 vit), Wallard (1 vit), Ward (1 vit).

X nunca teve piloto participante.

Y não tem piloto vencedor.

Z não tem piloto vencedor.

 

No caso dos carros, os títulos e as vitórias referem-se às conquistas de construtores. Quanto forem relativos a motores ou pneus, estarão assinalados. Quando o currículo inclui apenas vitórias como construtor, aparece na forma abreviada como “vit”. Em caso de empate

A letra M é a que possui mais títulos de construtor (23) e vitórias (335). Porém, considerando, construtor, motor e pneu, a letra F é a mais vitoriosa: 42 títulos e 701 vitórias (somando todas as conquistas da Ferrari, da Ford-Cosworth e da Firestone). Em caso de empate, a citação segue a seguinte ordem: a) número de títulos; b) número de vitórias; c) porcentagem de títulos por corrida; d) porcentagem de vitórias por corrida.

As letras I, N, U, X, Y e Z não possuem registro de vitória de construtor, motor ou pneu. Vale lembrar que o campeonato mundial de construtores começou somente em 1958 (o de pilotos foi em 1950). No caso da letra E, consideramos que as 12 vitórias do pneu Englebert são mais relevantes do que as duas vitórias do construtor Epperly. No caso da letra R, consideramos a somatórias de títulos e vitórias da Renault mais relevante do que a da Red Bull. Confira o ABC dos carros.

A de Alfa Romeo (10 vitórias, 12 vitórias de motor).

B de Brabham (2 títulos de construtor, 35 vitórias), BRM (1 título, 17 vitórias, 1 título de motor, 18 vitórias de motor), Benetton (1 título, 27 vitórias), Brawn (1 título, 8 vitórias), Bridgestone (175 vitórias de pneu), BMW-Sauber (1 vit), BMW (20 vitórias de motor), BWT-Mercedes (1 vitória de motor).

C de Cooper (2 títulos, 16 vitórias), Climax (4 títulos de motor, 40 vitórias de motor), Continental (10 vitórias de pneu).

D de Dunlop (83 vitórias de pneu).

E de Englebert (12 vitórias de pneu), Epperly (2 vit), Eagle (1 vit).

F de Ferrari (16 títulos, 238 vitórias, 16 títulos de motor, 238 vitórias de motor), Ford-Cosworth (10 títulos de motor, 176 vitórias de motor), Firestone (49 vitórias de pneu).

G de Goodyear (368 vitórias de pneu).

H de Honda (3 vitórias, 6 títulos de motor, 75 vitórias de motor), Hesketh (1 vit).

I não tem construtor, motor ou pneu vencedor.

J de Jordan (4 vit).

K de Kurtis-Kraft (5 vit), Kuzma (1 vit).

L de Lotus (7 títulos, 81 vitórias), Ligier (9 vit).

M de Mercedes (6 títulos, 132 vitórias, 8 títulos de motor, 188 vitórias de motor), McLaren (8 títulos, 182 vitórias), Matra (9 vitórias, 1 título de motor, 3 vitórias de motor), Maserati (9 vitórias, 11 vitórias de motor), Michelin (102 vitórias de pneu), March (3 vit), Mugen-Honda (4 vitórias de motor).

N não tem construtor, motor ou pneu vencedor.

O de Offenhauser (11 vitórias de motor).

P de Pirelli (219 vitórias de pneu), Porsche (1 vitória, 1 vitória de motor), Penske (1 vit).

Q não tem construtor, motor ou pneu vencedor.

R de Renault (2 títulos, 35 vitórias, 12 títulos de motor, 168 vitórias de motor), Red Bull (4 títulos, 62 vitórias), Repco (2 títulos de motor, 8 vitórias de motor).

S de Shadow (1 vit), Stewart (1 vit).

T de Tyrrell (1 título, 23 vitórias), TAG-Porsche (2 títulos de motor, 25 vitórias de motor), Toro Rosso (1 vit), TAG-Heuer (9 vitórias de motor).

U não tem construtor, motor ou pneu vencedor.

V de Vanwall (1 título, 9 vitórias, 1 título de motor, 9 vitórias de motor).

W de Williams (9 títulos, 114 vitórias), Watson (3 vit), Wolf (3 vit), Weslake (1 vitória de motor)

X não tem construtor, motor ou pneu vencedor.

Y não tem construtor, motor ou pneu vencedor.

Z não tem construtor, motor ou pneu vencedor.

Sergio Quintanilha é doutorando em Ciências da Comunicação na ECA-USP e escreve sobre automobilismo desde 1989 – twitter: @QuintaSergio