Técnico brasileiro faz história na Arábia e leva Al Akhdoud à primeira divisão do futebol árabe

Por Edwaldo Costa

Após 15 vitórias em 26 jogos pela Liga Árabe, o time do Al Okdoud FC, comandado pelo técnico brasileiro Luís Antônio Zaluar, conquistou o primeiro lugar na temporada e o acesso à elite do futebol.

O treinador Zaluar está escrevendo história no país e no comando do Al Akhdoud. “Há 30 anos o time jogava na Segunda Divisão. Em 2019 fui contratado com o objetivo de subir para a série A. Após planejamento e muito trabalho conseguimos ser campeão”, conta o treinador.

Dos seus 57 anos, Zaluar dedicou 34 como treinador. No Brasil comandou times como o Botafogo-RJ, o Londrina, o Joinville, o Vitória, o Paysandu, o Fluminense, o Fortaleza, o Ceará, o Botafogo-SP, o Araçatuba-SP, o Sampaio Corrêia-RJ, o Cabofriense, o Cruzeiro-RS, o Caxias entre outros. Chegou, inclusive, a treinar a Seleção Brasileira de Futebol Feminino, em 1991. Teve uma passagem pelo continente europeu, quando treinou o Nacional da Madeira, de Portugal. O experiente treinador também é muito conhecido pelas passagens em clubes da Arábia Saudita, Qatar, Emirados Árabes Unidos e Bahrein.

Zaluar ressalta que o fato da Arábia Saudita ser uma monarquia absoluta fez com que a população reagisse bem às medidas de lockdown, uso de máscara e outras determinações dadas pelo rei da Arábia Saudita Salman bin Abdulaziz Al Sau e pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman.

“As vantagens aqui foram que não politizaram a Covid-19 e que os hospitais são excelentes e gratuitos. A grande maioria se recuperou”.

Após a conquista e o término do Campeonato, Zaluar está voltando ao Brasil. Aqui vai curtir a família e estudar propostas de renovação e outras.

Edwaldo Costa possui pós-doutorado pela ECA-USP e atualmente é jornalista do Centro de Comunicação Social da Marinha do Brasil