Sérgio Maroneze e a prata olímpica do Basquete feminino brasileiro em Atlanta/1996 – SEXTO EPISÓDIO: Cuba

A Seleção Brasileira de Basquete Feminino conquistou o campeonato mundial na Austrália (1994) e a prata olímpica em Atlanta, nos Estados Unidos (1996).

A comissão técnica era formada por Miguel Angelo da Luz (técnico), Waldir Pagan Peres (supervisor), Hermes Balbino (preparador físico) e Sérgio Maroneze (assistente técnico).

Durante a campanha das Olimpíadas de Atlanta, o professor Maroneze fez anotações de estudo e planejamento pré jogos.

Esse material será disponibilizado com exclusividade e semanalmente neste especial no site JORNALISMO ESPORTIVO ECA/USP.

O sexto episódio será dedicado ao jogo contra Cuba, com algumas considerações do professor Maroneze:

O episódio de Cuba está com notas da Austrália, então hoje vou me explicar. Não possuo anotações sobre CUBA pois ao chegar em Atlanta havíamos feito uma infinidade de jogos contra elas. Miga e eu sabíamos 101% do que/como/quando elas faziam. Minha fissura (receio mesmo) era vir a cruzar com a AUSTRÁLIA, então eu as estudava de forma obsessiva, rsrsrs… Não aconteceu (ainda bem!) mas eu tinha comigo que, se acontecesse, não passaríamos ilesos. Elas não eram melhores do que nós, mas o jogo contra as aussies não encaixava… Baita time aquele. Sigamos

“Não havia tecnologia de scout como conhecemos hoje”, destaca o professor.

+ CONFIRA AS ANOTAÇÕES DO JOGO CONTRA O CANADÁ!

+ CONFIRA AS ANOTAÇÕES DO JOGO CONTRA A RÚSSIA!

+ CONFIRA AS ANOTAÇÕES DO JOGO CONTRA O JAPÃO!

+ CONFIRA AS ANOTAÇÕES DO JOGO CONTRA A CHINA!

+ CONFIRA AS ANOTAÇÕES DO JOGO CONTRA A ITÁLIA!

BRASIL 101 x 69 Cuba

Confira a campanha do Brasil na prata olímpica do basquete feminino em 1996:

BRASIL 69 x 56 Canadá
BRASIL 82 x 68 Rússia
BRASIL 100 x 80 Japão
BRASIL 98 x 83 China
BRASIL 75 x 73 Itália
BRASIL 101 x 69 Cuba
BRASIL 81 x 60 Ucrânia
BRASIL 87 x 111 Estados Unidos