Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Blog da USP - 10/10/2012 - Imprimir Imprimir

Departamento de Música da ECA oferece curso de introdução sobre instrumentos de cordas

Estão abertas até o dia 22 de outubro as inscrições para o curso de Ensino Coletivo de Cordas, no Departamento de Música (CMU) da Escola de Comunicações e Artes (ECA).

Este curso de difusão cultural faz parte de uma iniciativa do Departamento junto à Comissão de Cultura e Extensão da ECA e será realizado de 26 de outubro a 14 de dezembro, às sextas-feiras, das 9h30 às 12h30. Ele é gratuito e aberto à comunidade em geral, sem restrição de idade e de conhecimentos prévios sobre os instrumentos.

O objetivo é dar uma introdução ao ensino coletivo de cordas, nos intrumentos de violino, violoncelo, viola erudita (não é a caipira) e contrabaixo acústico (é diferente do elétrico), através de exercícios preparatórios que vão ensinar como movimentar o instrumento, para depois poderem experimentar as técnicas na prática.

Segundo a professora que ministrará as atividades, Liu Man Ying, o importante neste primeiro módulo é realizar inicialmente os exercícios preparatórios, pois eles vão fornecer uma melhor percepção sobre o instrumento quando os alunos forem tocá-los. Liu explica que as atividades realizadas faz parte central da sua tese de doutorado – Diretrizes para o ensino coletivo de violino – que será defendida em 21 de novembro pela ECA, cujo assunto ela já abordou em parte na sua dissertação de mestrado pela mesma Unidade da USP, na qual também realizou a sua graduação em música, com habilitação em violino.

Para fazer inscrição, os interessados devem preencher a ficha cadastral e enviar para o e-mail da professora Liu até o dia 22 de outubro: luliumy@yahoo.com.br

Mais informações pelo telefone: (11) 3091-4137

•  •  •  •

Deixe um comentário

Política de moderação de comentários

Este blog reserva-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou outros princípios da boa convivência. Dessa forma, serão suprimidos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa ou falsidade ideológica.