Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Informe da Reitoria, Press release - 06/03/2015 - Imprimir Imprimir

Dirigentes definem plano de metas da Universidade para 2015

Foram definidas 76 metas relacionadas à área acadêmica, relações com a sociedade e setor administrativo, que serão desenvolvidas ao longo deste ano

O encontro teve como objetivo a apresentação e discussão do plano de metas da Universidade para o ano de 2015

“Este será um ano de oportunidades”. Assim, o reitor Marco Antonio Zago deu início ao encontro que reuniu dirigentes de Unidades de Ensino e Pesquisa, Institutos, Museus e Órgãos Centrais da Universidade, nos dias 2 e 3 de março, na Cidade Universitária “Armando de Salles Oliveira”, em São Paulo.

O encontro teve como objetivo a apresentação e discussão do plano de metas da Universidade para o ano de 2015. O documento é resultado de um trabalho de colaboração entre os setores da Administração Central da Universidade e as Unidades de Ensino e Pesquisa, iniciado na reunião de dirigentes promovida em dezembro do ano passado.

O reitor explicou que o plano procura destacar prioridades e ações de curto e médio prazo, com a definição de um cronograma de execução e a indicação das responsabilidades pelo desenvolvimento das ações. “Estamos dizendo com clareza o que pretendemos fazer, como e quando. Representa o compromisso de todos para desenvolver os projetos dentro dos prazos estabelecidos”, destacou.

Eixos e metas

O documento compreende 18 eixos de atuação, distribuídos em três domínios: acadêmico, relações com a sociedade e administrativo. Os eixos se desdobram em 76 metas específicas e as ações necessárias para sua execução.

Dentre as metas na área acadêmica, estão, por exemplo, ações voltadas à carreira docente e os regimes de trabalho, à qualificação em língua inglesa na graduação e na pós-graduação, ao fortalecimento das ações de internacionalização, à avaliação institucional da graduação, ao aprimoramento da pós-graduação, à racionalização  do apoio institucional à pesquisa e à unificação dos programas de bolsas de graduação.

As metas constantes no domínio relações com a sociedade abrangem a divulgação científica e cultural, a política de cultura e extensão universitária e a relação qualificada com a sociedade.

No campo administrativo, as metas dizem respeito à sustentabilidade, ambiente e segurança, à inovação tecnológica, à reorganização administrativa e a obras e infraestrutura.

“O plano de metas não implica em grandes dispêndios financeiros. Trata-se, principalmente, de uma reorganização das atividades da Universidade, uma sincronização das ações desenvolvidas”, considerou o reitor.

Acesse aqui o documento com a relação das metas.

(Foto: Ernani Coimbra)

•  •  •  •