Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Press release - 08/07/2015 - Imprimir Imprimir

USP é a nona melhor universidade entre os países do Brics

Nesta terceira edição do ranking, a USP é a única universidade brasileira entre as dez primeiras classificadas. A China lidera o ranking, com sete universidades entre as dez melhores.

O QS University Ranking Brics publicado hoje, dia 8 de julho, pela organização britânica de pesquisa em educação Quacquarelli Symonds, classifica as 200 melhores universidades dos países do Brics – bloco composto por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

“Os resultados são convergentes com os de outros rankings que revelam que a USP ocupa posição de destaque entre mais de 16 mil universidades do mundo. Além disso, mostra o excelente desempenho em áreas específicas: entre os países do Brics ocupa a 2ª posição na área de Ciências da Vida e Medicina, e a 4ª posição nas áreas de Ciências Sociais e Administração e de Artes e Humanidades”, afirmou o reitor Marco Antonio Zago.

O ranking avaliou mais de 500 universidades dos cinco países que compõem o bloco, utilizando oito indicadores: reputação acadêmica, reputação entre empregadores, proporção entre professores e estudantes, percentual de professores com doutorado, publicações por professor, citações em artigos científicos, quantidade de professores e estudantes estrangeiros.

Considerando-se apenas a performance em alguns indicadores, a USP foi a 3ª melhor classificada no indicador reputação acadêmica, a 6ª melhor em reputação entre os empregadores e a 7ª melhor em percentual de professores com doutorado.

O Brasil tem nove universidades entre as 50 melhores do ranking: a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ficou na 12ª posição; a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na 25ª; a Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) ficou em 27º lugar; a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em 37º; a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em 41º; a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em 42º; a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) ocupam a 47ª posição.

Quacquarelli Symonds

No ranking geral da Quacquarelli Symonds – o QS World University, que avalia mais de 3 mil universidades do mundo –, a USP ocupa a 132ª posição. Na variação desse ranking, o QS Latin America, publicado em junho, a Universidade ocupa a primeira posição.

Em outro ranking da organização – o QS Rankings by Subject, publicado em abril –, a USP ficou entre as 50 melhores do mundo em 8 das 36 áreas de concentração avaliadas: Odontologia (12ª posição); Agricultura e Silvicultura (24ª); Arquitetura (33ª); Arte e Design (34ª); Ciência Veterinária (36ª); Filosofia (37ª); Engenharia Civil (47ª); Farmácia e Farmacologia (46ª).

Confira as dez primeiras colocadas no QS University Ranking Brics:

Tsinghua University (China)
Peking University (China)
Fudan University (China)
Lomonosov Moscow State University (Rússia)
Indian Institute of Science Bangalore (Índia)
Shanghai Jiao Tong University (China)
University of Science and Technology of China (China)
Nanjing University (China)
Universidade de São Paulo (Brasil)
10ºBeijing Normal University (China)

•  •  •  •