Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Blog da USP - 04/01/2017 - Imprimir Imprimir

Curso de Gerontologia da EACH é destaque em reportagens

Criado em 2005, o curso oferecido pela USP foi o primeiro de graduação no Brasil

O curso de Gerontologia da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP participou de uma série de reportagens do Jornal Nacional, da TV Globo, sobre o envelhecimento da população brasileira.

Na primeira reportagem, exibida na segunda-feira, dia 2 de janeiro, foi realizada uma entrevista com alunos e com a coordenadora do curso, a professora Rosa Chubaci. A matéria destacou a rapidez com que a população brasileira está envelhecendo. Outras reportagens sobre o tema serão exibidas ainda nesta semana pelo Jornal Nacional.

Clique aqui para acessar a reportagem.

Pioneiro na graduação

Criado em 2005, mesmo ano das atividades da EACH, o curso de bacharelado em Gerontologia oferecido pela USP foi o primeiro de graduação no Brasil. Antes, a área existia no ensino superior somente no formato de cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) e lato sensu (especialização). O curso oferece 60 vagas anuais e já formou cerca de 390 profissionais. Ele é realizado no tempo mínimo de oito semestres, no qual os estudantes aprendem a gestão da atenção ao envelhecimento e estudam aspectos biológicos, psicológicos e sociais da velhice.

Os profissionais graduados neste curso podem trabalhar em hospitais, ambulatórios, unidades de saúde, programas de assistência domiciliar, centros de convivência e instituições de média e longa permanência. Dentre as atividades desenvolvidas pelos gerontólogos estão a avaliação do idoso, planejamento e execução de ações que promovem qualidade de vida, pesquisas, gestão de instituições e serviços voltados para a população idosa, além do acompanhamento e apoio a cuidadores de idosos.

Saiba mais sobre o curso da USP assistindo ao vídeo institucional.

•  •  •  •

Deixe um comentário

Política de moderação de comentários

Este blog reserva-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou outros princípios da boa convivência. Dessa forma, serão suprimidos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa ou falsidade ideológica.