Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Blog da USP - 13/02/2017 - Imprimir Imprimir

Paulo Artaxo foi um dos vencedores do prêmio do jornal “O Globo”

Paulo Artaxo Netto, professor do Instituto de Física (IF) da Universidade de São Paulo (USP), foi escolhido vencedor na categoria Sociedade/Sustentabilidade da 14ª edição do Prêmio Faz Diferença, do jornal O Globo.

reg. 426-16 Usp Talks. Conectando Universidade e Sociedade - Mundaças Climáticas. Paulo Eduardo Artaxo Netto, do IFUSP 2016/11/30 Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Paulo Artaxo em participação do USP Talks sobre mudanças climáticas, que aconteceu em novembro de 2016

Autor de mais de 400 pesquisas e figurando na lista da Thomson Reuters como um dos 3.126 pesquisadores mais influentes do mundo, conforme mencionou O Globo, Artaxo estuda aspectos complexos do bioma amazônico, como a poluição atmosférica e o ciclo hidrológico da região.

Em 2016, tornou-se presidente do Programa de Grande Escala Biosfera-Atmosfera na Amazônia, um projeto de cooperação internacional, e publicou na revista Nature extenso estudo sobre como se formam as chuvas na floresta amazônica, feitos que lhe renderam a indicação ao prêmio.

Artaxo é membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC), da Academia de Ciências do Mundo em Desenvolvimento (TWAS), da Academia de Ciências do Estado de São Paulo, do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (IPCC) e de sete outros painéis científicos internacionais.

É membro da coordenação do Programa FAPESP de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais e pesquisador responsável pelo Projeto Temático “GoAmazon: interação da pluma urbana de Manaus com emissões biogênicas da Floresta Amazônica”, que tem o apoio da FAPESP e do Departamento de Energia dos Estados Unidos (DoE, na sigla em inglês), entre outros parceiros.

O Prêmio Faz Diferença é uma iniciativa do jornal O Globo em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) que homenageia anualmente brasileiros cujos trabalhos se destacam em diversas áreas de atuação.

Após votação popular para definir três indicados em cada uma das 17 categorias do prêmio, os vencedores foram definidos por um júri formado por jornalistas de O Globo, dirigentes da Firjan, ganhadores do prêmio anterior e internautas. Na categoria Sociedade/Sustentabilidade integraram o júri William Helal Filho, Milton Calmon Filho, Roberto Maltchik (O Globo) e Thelma Krug.

A lista completa e descrições dos indicados e vencedores, bem como outras informações, podem ser acessadas na página do Prêmio.

(Agência Fapesp)

•  •  •  •

Deixe um comentário

Política de moderação de comentários

Este blog reserva-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou outros princípios da boa convivência. Dessa forma, serão suprimidos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa ou falsidade ideológica.