Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Blog da USP - 17/02/2017 - Imprimir Imprimir

Bloco carnavalesco encerra programação especial “Yayá 130 anos”

O bloco carnavalesco Yayartes desfila pelas ruas do Bixiga no dia 19 de fevereiro, a partir das 10h. A concentração é na Rua Coração da Europa, 1395, e o trajeto termina na Casa de Dona Yayá, em uma homenagem à memória dessa figura feminina.

DSC00761

Yayartes é um bloco criado pela União de Mulheres de São Paulo que há mais de 15 anos sai às ruas do Bixiga na semana que antecede ao Carnaval

A União de Mulheres do Município de São Paulo é uma organização não governamental sediada no bairro da Bela Vista que atua há mais de 30 anos defendendo os direitos das mulheres. Sua história se entrelaça com a história do feminismo no Brasil. A partir de 1975 foi retomada a luta pelos direitos das mulheres, dos quais uma parte significativa foi incorporada na Constituição Federal de 1988 e em leis específicas, como a Lei Maria da Penha, de 2006. As atividades da União de Mulheres de São Paulo visam chamar a atenção para os desafios que precisam ser enfrentados para que essa igualdade seja alcançada, apresentando propostas e incentivando  mulheres a desenvolverem seu potencial pessoal, social, político e econômico. Promove iniciativas como o Yayartes, Bloco Carnavalesco Casa de Dona Yayá, cursos de igualdade de gênero e direitos das mulheres em parceria com instituições públicas, e eventos diversos, como seminários, rodas de conversa e atos públicos.

O desfile encerra a programação especial que o Centro de Preservação Cultural (CPC) organizou em comemoração aos 130 anos do nascimento de Sebastiana de Mello Freire, chamada Dona Yayá, completados no dia 21 de janeiro. Dona Yayá foi diagnosticada aos 30 anos como portadora de desequilíbrio mental e declarada incapaz de gerir a fortuna da qual era única herdeira. Desde então, por recomendações médicas, viveu reclusa na casa da Rua Major Diogo até sua morte, em 1961. A trágica vida de Dona Yayá ainda hoje instiga a curiosidade e a imaginação dos que dela ouvem falar, e é parte da história do bairro da Bela Vista.

O Centro de Preservação Cultural – Casa de Dona Yayá fica na Rua Major Diogo, 353, Bela Vista, em São Paulo. Mais informações pelo telefone (11) 2648-1501.

(Centro de Preservação Cultural – Casa de Dona Yayá / Foto: Equipe CPC)

 

•  •  •  •

Deixe um comentário

Política de moderação de comentários

Este blog reserva-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou outros princípios da boa convivência. Dessa forma, serão suprimidos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa ou falsidade ideológica.