Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Blog da USP - 30/03/2017 - Imprimir Imprimir

IAG promove debate sobre sistemas planetários e observação do céu noturno

28082013eventoiagfotomarcossantos046-744x496

Jorge Meléndez tem experiência na área de Astrofísica Estelar, Exoplanetas, Evolução Química da Galáxia e em Astrofísica com grandes telescópios

No próximo dia 5 de abril, o Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) promove o evento “Astronomia para Todos”, que contará com a palestra “Sistemas planetários habitáveis: de Trappist-1 ao Sistema Solar 2.0”, ministrada pelo professor Jorge Luis Meléndez.

Meléndez possui graduação em Física pela Universidad Nacional Mayor de San Marcos (1994), mestrado em Astrofísica pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (1997), doutorado em Astronomia pela USP (2001) e pós-doutorado no Caltech (2003-2005), Australian National University (2005-2008) e Universidade de Porto (2008-2010).

Atualmente, é professor do Departamento de Astronomia do IAG. Tem experiência na área de Astrofísica Estelar, Exoplanetas, Evolução Química da Galáxia e em Astrofísica com grandes telescópios.

Em 2015, uma equipe internacional liderada por Meléndez descobriu, em órbita de uma estrela do tipo do Sol (HIP 11915), um planeta com massa muito semelhante à de Júpiter, que está à mesma distância da sua estrela do que Júpiter em relação ao Sol. Essa descoberta ganha relevância porque teorias apontam que a formação de Júpiter desempenhou papel fundamental na configuração de nosso Sistema Solar.

Após a palestra, que terá início às 19h, haverá observação do céu noturno com telescópios. A atividade é gratuita, mas exige inscrição prévia. Os interessados devem se inscrever neste link.

(Foto: Divulgação)

•  •  •  •

Deixe um comentário

Política de moderação de comentários

Este blog reserva-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou outros princípios da boa convivência. Dessa forma, serão suprimidos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa ou falsidade ideológica.