Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Aviso de pauta - 20/04/2017 - Imprimir Imprimir

Engenho dos Erasmos inaugura espetáculo tecnológico

engenhos-dos-erasmos010

Imagens serão projetadas, em sincronia com trilhas musicais, sobre as estruturas e alvenarias aparentes do monumento

O Monumento Nacional Ruínas Engenho São Jorge dos Erasmos, órgão da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP, inaugura, no próximo dia 27 de abril, às 19h, o espetáculo “História, Luz e Som: Memórias de um Velho Engenho”. A atração consiste em uma projeção audiovisual mapeada (videomapping) de aspectos históricos do Engenho em suas próprias ruínas.

A exibição audiovisual mapeada – projeção de imagens em sincronia com trilhas musicais – será sobre as estruturas e alvenarias aparentes do monumento. A narrativa se inicia com paisagens urbanas atuais, contrastando com a trajetória histórica colonial do Engenho mostrada em seguida.

Imagens que fazem referência às navegações portuguesas, às moendas de madeira dos primeiros engenhos e seus trabalhadores, além daquelas que remetem às tecnologias de produção de imagens, da xilogravura dos relatos quinhentistas impressos ao desenho digital das ruínas, compõem o repertório do projeto audiovisual.

Mais antigo patrimônio histórico edificado do Brasil,  as ruínas do Engenho dos Erasmos, além de estarem entre os testemunhos mais remotos de colonização do Brasil, representam o modo de produção que possibilitou o assentamento dos colonos envolvidos na exploração de cana-de-açúcar.

De acordo com a coordenadora do projeto e diretora do Engenho, Vera Amaral Ferlini, a apresentação em videomapping revela ao público temas essenciais relacionados à História do Brasil e do Açúcar, como a escravidão e os avanços tecnológicos. “O projeto propicia usufruto artístico dos remanescentes arquitetônicos do Engenho e do sítio arqueológico que abriga as ruínas quinhentistas, promovendo este importante testemunho histórico e arqueológico junto à sociedade” (veja uma prévia do espetáculo).

Vera é professora do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP e especialista nas áreas de História Ibérica e História do Brasil Colônia, sendo responsável por estudos sobre o próprio Engenho dos Erasmos e temas como açúcar, escravismo, imigração, estrutura agrária e núcleos coloniais.

Para a concepção do espetáculo, que mescla tecnologia, arte e história em sua narrativa, a docente contou com a parceria do arquiteto e arqueólogo Silvio Luiz Cordeiro, especialista em projetos audiovisuais ligados a educação patrimonial e arqueologia.

A partir de maio, serão oferecidas visitas gratuitas à atração, sempre às 19h, sujeitas a cancelamento em caso de chuva. Serão oferecidas 40 vagas por sessão, com inscrição prévia pelo telefone 13 3203-3901 ou pelo e-mail ruinasengenho@usp.br.

O Monumento Nacional Ruínas Engenho São Jorge dos Erasmos está localizado à rua Alan Ciber Pinto, 96, Vila São Jorge, em Santos.

(Com informações da Divisão de Comunicação Institucional da PRCEU / Foto: Marcos Santos)

•  •  •  •