Universidade de São Paulo - Brasil

Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional

As principais universidades do mundo se unem para enfrentar as mudanças climáticas em meio ao desafio COVID-19

A Universidade de São Paulo juntou-se à University of New South-Wales Sydney (Austrália) e à importantes parceiras internacionais, que se reuniram para interligar os principais pesquisadores de mudanças climáticas e para fornecer uma nova plataforma internacional para as universidades comunicarem a pesquisa climática com autoridade aos nossos líderes. Trata-se da International Universities Climate Alliance (IUCA), que tem como principal objetivo acelerar a luta contra as mudanças climáticas.

A IUCA compreende 40 das principais universidades de pesquisa climática do mundo, com o objetivo de garantir que governos, público, mídia e indústria tenham melhor acesso a fatos baseados em pesquisas sobre ciência, impactos, adaptação e mitigação das mudanças climáticas. A UNSW Sydney, que liderou a criação da aliança para fornecer recomendações baseadas em evidências para acelerar a ação climática, está inicialmente coordenando a IUCA com universidades membros em todo o mundo.

Não obstante às atuais urgências em torno da pandemia do COVID-19, os membros da aliança decidiram não adiar a formação da aliança devido à necessidade premente e contínua de acelerar a mitigação das mudanças climáticas e melhorar a tomada de decisões.

Está em desenvolvimento uma carta de aliança e está planejada uma série de reuniões para coordenar as atividades dos membros, que incluem muitas das melhores instituições de pesquisa climática do mundo em uma ampla gama de disciplinas, incluindo ciências, economia, engenharia, direito, ciências sociais e planejamento. Para mais informações, um site foi desenvolvido em www.universitiesforclimate.org.