Universidade de São Paulo - Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional

Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional

Universidade de São Paulo

Mobilidade USP

Proficiência em Língua Estrangeira

 

O que são exames de proficiência em língua estrangeira?

Exames de Proficiência em Língua Estrangeira são aqueles compostos por um teste ou bateria de testes cujo objetivo é avaliar os conhecimentos linguísticos e desempenho do candidato em ao menos uma das competências (compreensão e produção oral e escrita). O resultado do Exame de Proficiência indica uma pontuação ou, alternativamente, se o candidato alcançou o nível mínimo a que determinado exame se propõe avaliar, sendo ambas as maneiras interpretáveis dentro de uma escala de referência adotada pela instituição que o administra, como, por exemplo, o Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas e/ou Conselho Americano para o Ensino de Línguas Estrangeiras.

O que é o Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas?

O Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas (QECR, CEFRen ou CECRfr) é um conjunto de diretrizes estabelecido pelo Conselho Europeu para descrever os níveis de proficiência global e competências linguísticas individualmente avaliadas (compreensão e produção oral e escrita) para as línguas da comunidade europeia. O QECR apresenta uma escala dividida em seis níveis que variam do básico (A1 e A2), passam pelo intermediário, ou de independência no uso da língua estrangeira (B1 e B2), até o avançado, ou de domínio (C1 e C2). Embora inicialmente consolidado para as línguas europeias, o QECR também pode ser e é adotado como parâmetro para línguas não europeias, podendo haver, também, outros quadros de referência usados a critério da administradora do exame, como a avaliação de desempenho do Conselho Americano para o Ensino de Línguas Estrangeiras (ACTFLen).

Por que se submeter a um Exame de Proficiência em Língua Estrangeira?

Exames de Proficiência em Língua Estrangeira são utilizados para diversas finalidades, como para comprovação de proficiência para realização de intercâmbio acadêmico, ingresso em programas de graduação e pós-graduação em território nacional e no exterior, imigração, preenchimento de vaga de emprego ou para avaliação objetiva do progresso de aprendizado da língua-objeto de estudo de interesse do estudante. A obtenção de um certificado, diploma ou relatório de desempenho por meio da realização de um exame do gênero permite, desde que dentro da validade, a comprovação objetiva de proficiência na língua estrangeira. No âmbito acadêmico, a apresentação dos resultados atende plenamente ao pré-requisito para participação em editais de vagas e bolsas de intercâmbio para países/universidades cuja língua corrente e/ou de instrução não seja o português.

Quando e onde realizar o Exame de Proficiência em Língua Estrangeira?

Os exames de proficiência são oferecidos ao longo do ano em locais e datas diversos. A frequência no oferecimento dos exames varia consideravelmente de acordo com os diferentes tipos disponíveis, idiomas avaliados e instituições que os administram. A divulgação dos resultados também é variável, podendo demorar meses até que o examinando os receba. Portanto, é importante que o candidato planeje a realização do exame com a antecedência necessária a fim de não perder prazos para apresentação dos resultados. Para consultar as datas, horários e centros aplicadores, visite a página da instituição administradora do exame.

Qual Exame de Proficiência em Língua Estrangeira devo realizar?

Há diversos tipos de Exame de Proficiência em Língua Estrangeira aos quais podem se submeter os interessados em avaliar sua proficiência em determinada língua. No âmbito acadêmico, é desejável que o estudante que queira realizar intercâmbio priorize os exames reconhecidos e válidos internacionalmente. Ao fazer a escolha de um determinado exame, o candidato deve levar em conta uma série de fatores, tais como, e.g., estrutura do exame, aceitação por parte da Instituição de Ensino Superior (IES) estrangeira na qual deseja fazer intercâmbio, frequência no oferecimento ao longo do ano, etc. Sempre que disponíveis diferentes modalidades de um mesmo exame, o candidato a intercâmbio deverá escolher a modalidade voltada a fins acadêmicos.

Ademais, há diferenças com relação aos resultados dos exames:

- Testes de proficiência, para os quais é emitido um Relatório de Desempenho (score report), geralmente têm seus resultados válidos por até 2 (dois) anos, a partir da data de sua realização, por recomendação das próprias administradoras, o que é amplamente aceito por IES estrangeiras. Geralmente, tais testes também são oferecidos com maior frequência ao longo do ano, e seus resultados são divulgados com maior celeridade. Não visam um grupo de candidatos com um nível específico de proficiência, de forma que qualquer pessoa em qualquer nível pode realizá-los, e a administradora do teste emitirá um Relatório de Desempenho com pontuação condizente, independentemente do desempenho apresentado.

- Certificados ou Diplomas, outorgados mediante realização de exame de proficiência, são oferecidos com menor frequência ao longo do ano, e seus resultados são divulgados com menor celeridade que testes para os quais são emitidos Relatórios de Desempenho. A administradora do exame emitirá um Certificado ou Diploma exclusivamente para candidatos que obtiverem um nível mínimo estipulado de antemão. Não é emitida certificação para candidatos cujo desempenho esteja aquém do mínimo exigido.

Antes de optar por um dos diferentes exames disponíveis, o candidato a intercâmbio deverá considerar todos os fatores descritos acima, sobretudo a aceitação do certificado/diploma/relatório de desempenho por parte da IES estrangeira.

Como se preparar para um Exame de Proficiência?

Para obter sucesso na realização de um Exame de Proficiência em Língua Estrangeira, é necessário que o candidato, além do aprendizado da língua estrangeira propriamente dita, familiarize-se com seu formato, a fim de evitar prejuízos de qualquer natureza ao seu desempenho que possam refletir em resultado que não corresponda ao nível de proficiência já atingido de fato. Assim, é importante que o candidato busque conhecer o formato do exame a ser realizado. Geralmente, as administradoras dos exames disponibilizam gratuitamente em suas páginas na internet amostras e simulados dos exames.

 

Exames geralmente aceitos por IES estrangeiras parceiras da USP

Idioma

Exame

Acrônimo

Investimento

Alemão Goethe-Zertifikat GZ* Pago
Alemão Online-Einstufungstest Deutsch als Fremdsprache (centros aplicadores) – Demo test onDaF** Gratuito***
Chinês Hanyu Shuiping Kaoshi HSK** Pago
Coreano Test of Proficiency in Korean TOPIK** Pago
Espanhol Certificado de Español: Lengua y Uso CELU* Pago
Espanhol Diplomas de Español como Lengua Extranjera DELE* Pago
Espanhol Servicio Internacional de Evaluación de la Lengua Española SIELE** Pago
Francês Diplôme approfondi de langue française DALF* Pago
Francês diplôme d’études en langue française DELF* Pago
Francês Test de Connaissance du Français TCF** Pago
Francês Test d’Évaluation de Français TEF** Pago
Inglês Cambridge English: Advanced CAE* Pago
Inglês Cambridge English: Proficiency CPE* Pago
Inglês International English Language Testing System IELTS** Pago
Inglês Pearson Test of English PTE** Pago
Inglês Test of English as a Foreign Language TOEFL** Pago****
Inglês online-Spracheinstufungstest (centros aplicadores) – Demo test onSET Gratuito***
Italiano Certificato di Conoscenza della Lingua Italiana CELI* Pago
Italiano Certificazione di Italiano come Lingua Straniera CILS* Pago
Italiano Progetto Lingua Italiana Dante Alighieri PLIDA* Pago
Japonês Japanese-Language Proficiency Test JLPT* Pago

*           Emite Certificado/Diploma

**         Emite Relatório de Desempenho

***        Pode ser cobrada taxa de administração do teste em alguns centros aplicadores

****       Há diferentes modalidades do teste. O TOEFL ITP é considerado como teste de nivelamento/monitoramento de progresso de aprendizado, não é amplamente aceito como o iBT. É oferecido gratuitamente, em alguns casos, como pelo Programa Inglês sem Fronteiras.

 

Qual é a validade considerada pela Aucani para cada exame de proficiência em seus editais de seleção para intercâmbio?

Considerando o formato e natureza de cada exame em específico, da recomendação por parte de seus administradores quanto à validade do documento e da necessidade de verificação imediata do nível de proficiência reportada, a Aucani considerará válidos os resultados dos exames apresentados da seguinte maneira:

Idioma

Acrônimo

Validade

Alemão GZ Validade indeterminada
Alemão onDaF Realizado até um ano antes do prazo para inscrições
Chinês HSK Realizado até dois anos antes do início do intercâmbio
Coreano TOPIK Realizado até dois anos antes do início do intercâmbio
Espanhol CELU Validade indeterminada
Espanhol DELE Validade indeterminada
Espanhol SIELE Realizado até dois anos antes do início do intercâmbio
Francês DALF Validade indeterminada
Francês DELF Validade indeterminada
Francês TCF Realizado até dois anos antes do início do intercâmbio
Francês TEF Realizado até dois anos antes do início do intercâmbio
Inglês CAE Validade indeterminada
Inglês CPE Validade indeterminada
Inglês IELTS Realizado até dois anos antes do início do intercâmbio
Inglês PTE Realizado até dois anos antes do início do intercâmbio
Inglês TOEFL Realizado até dois anos antes do início do intercâmbio
Inglês onSET Realizado até um ano antes do prazo para inscrições
Italiano CELI Validade indeterminada
Italiano CILS Validade indeterminada
Italiano PLIDA Validade indeterminada
Japonês JLPT Validade indeterminada