Centro para o Autismo e Inclusão Social (CAIS-USP) PDF Imprimir E-mail
Escrito por Paulo Abreu   
Sex, 01 de Julho de 2011 01:13

 

Por meio de uma parceria entre o Programa Genoma da USP e o Centro para o Autismo e Inclusão Social (CAIS-USP), do Departamento de Psicologia Experimental da Universidade, crianças diagnosticadas no espectro do comportamento autista e seus pais são atendidos simultaneamente e semanalmente por duplas de alunos de graduação, especialização e pós-graduação em psicologia.

 

Em cada dupla, há sempre um aluno de graduação e outro de pós-graduação. As crianças são encaminhadas pelo Programa Genoma Humano, enquanto estão realizando avaliação genética e após requererem atendimento especializado em Psicologia para seus filhos. No CAIS seguimos tratamentos baseados em evidências oriundos de uma área da Psicologia Comportamental chamada de Análise Aplicada do Comportamento (ABA em inglês, de Applied Behavior Analysis), sendo essa largamente empregada, e reconhecidamente bem sucedida, por outras instituições no mundo, como a Associação Americana de Psicologia  (APA).

 

O trabalho realizado com as crianças busca avaliar comportamentalmente os repertórios de entrada no tocante a presença de repertórios de contato visual, imitação motora e de linguagem, incluindo inicialização de conversas e habilidade de vida diária. Durante os atendimentos é dada ênfase aos Treinos de Repertório Verbal da criança, através o ensino de operantes verbais básicos de tatos, mandos, ecóicos e intraverbais. No mesmo horário os pais ou cuidadores disponíveis são atendidos e orientados no manejo de contingências adequadas para o desenvolvimento desses repertórios. Trata-se assim, de um trabalho de "ensinar e ensinar", à medida que ensinamos os pais a ensinarem seus filhos.

 

Os profissionais e alunos envolvidos reúnem-se semanalmente para supervisão clínica com a coordenadora do programa, onde são discutidos e planejados os atendimentos. Relatórios semanais são elaborados e os dados são registrados durante a sessão, seja no nível do registro cursivo ou por categorias de análise. Nossos dados revelam que tanto os pais, como as crianças apresentam aquisição de novos repertórios que maximizam a funcionalidade do comportamento verbal, bem como o manejo para produção de repertórios verbais e sociais mais complexos e produtivos.

 

Contato: (11) 3091-1905

 

 

 

O CAIS-USP faz parte do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia sobre Comportamento, Cognição e Ensino (INCT | ECCE) e mantém interação com o INCT sobre Psiquiatria da Infância e Adolescência do HC-USP.

 

 

 

 

 

 

O que é autismo?

 

Última atualização em Sáb, 16 de Agosto de 2014 23:03