english | español | acesso restrito | t (55 11) 3813.1444 | f (55 11) 3032.8334 | nereus@usp.br

Modelos Aplicados de Equilíbrio Geral – EAE 5918

Prof. Eduardo Haddad РUniversidade de Ṣo Paulo

Horário: Quinta-feira, 8:00-11:50

Apresentação

O objetivo principal deste curso é proporcionar aos alunos um instrumental analítico para ser utilizado na avaliação ex ante de políticas econômicas. Em particular, a ênfase do curso será na conceituação teórica e no processo de construção de modelos de equilíbrio geral computável (EGC). Além de constituírem-se em uma das ferramentas mais completas para análise de impacto econômico, estes modelos têm sido utilizados, recentemente, para a análise dos impactos de reformas econômicas e ajustes estruturais, abordando questões nos mais diversos campos de especialização das Ciências Econômicas. Espera-se que, ao final do curso, os alunos dominem as técnicas de construção e operacionalização de modelos EGC, bem como a sua utilização adequada.

Os principais tópicos do curso incluem os diversos aspectos da especificação teórica e da operacionalização de modelos de equilíbrio geral computável: (1) definição do sistema de equações; (2) montagem do banco de dados; (3) estimação dos coeficientes e parâmetros; (4) método de solução; (5) calibragem; (6) fechamento; (7) operacionalização; (8) utilização. Estes tópicos serão abordados no decorrer do curso durante a apresentação de modelos já “consagrados” na literatura. A escolha destes modelos baseia-se em uma seqüência lógica de complexidade e sofisticação teórica. Partiremos de modelos didáticos para mostrar como modelos CGE podem ser utilizados para a análise de políticas econômicas. Apesar de sua simplicidade, estes modelos permitem-nos familiarizar com a maior parte das técnicas empregadas na construção de modelos efetivamente utilizados para avaliações de políticas econômicas, que serão estudados ao longo do curso.

Exercícios

Algumas das técnicas utilizadas serão contempladas em listas de exercícios, que deverão ser entregues nas datas previamente estabelecidas. Apesar de se estimular a cooperação entre os alunos para a resolução dos exercícios, cada aluno terá que entregar sua própria lista. Há dez exercícios programados.

Avaliação

Espera-se que os alunos participem regularmente das aulas teóricas e práticas, façam as tarefas determinadas (listas de exercícios, apresentações e exercícios de simulação) e apresentem um projeto no final do semestre.

Há duas opções em relação ao projeto final:

1) Utilização de um modelo EGC, calibrado com dados para uma economia real, para exploração de um problema econômico específico;

2) Apresentação de um projeto de pesquisa detalhado em que se utilize um modelo EGC como método de análise de um problema econômico específico.

A apresentação da proposta de pesquisa deve ser encaminhada até o último dia do mês de outubro para que sejam definidas as estratégias de execução dos trabalhos. O projeto final deverá ser elaborado individualmente.

A nota final será baseada na participação em sala de aula, nas tarefas extra-classe entregues nos prazos determinados e nos resultados da apresentação do projeto final, com os pesos assim determinados:

10 exercícios (notas de 0 a 4) – 60%

Trabalho (notas de 0 a 4) – 40%

Conceitos finais: [0-1] – F; (1-2] – C; (2-3] – B; (3-4] – A

Material do curso

Exemplos IO: Excel (ver https://guilhotojjmgen.wordpress.com/), Lebanon, Brazil SP-RB Brazil PA-RB

Exemplo CGE: Hierarchical Analysis

Exemplo SAM: Exercício Brasil Sri Lanka Atividade

Exemplo ORANI: Texto Arquivos (Material do Workshop “Practical GE Modeling Course”, CoPS/FIPE, São Paulo, February 6 to 10, 2006)

Exemplo MM: Arquivos

IMMPA: Text

Notas de aula

Aula 1 Aula 2 Aula 3 Aula 4 Aula 5 Aula 6 Aula 7 Aula 8 Aula 9 Aula 10 Aula 11 Aula 12 Aula 13 Aula 14 Aula 15a Aula 15b Aula 15c Aula 15d Aula 15e Aula 16a Aula 16b Aula 16c Aula17a Aula 17b Aula 17c Aula 18 Aula 19a Aula 19b Aula 20a Aula 20b Aula 20c Aula 20d

Aula especial – “Matrizes Mundiais” (Denise Imori)

Atividades

Atividade 2Paper 1 Paper 2 Paper 3 Dados

Atividade 3Paper 1 Paper 2 Dados

Bibliografia

The Underground Economy: Tracking the Higher-order Economic Impacts of the São Paulo Subway System
Haddad, E. A., Hewings, G. J. D., Porsse, A. A., Van Leeuwen, E., and Vieira, R. S.. Transportation Research Part A: Policy and Practice, v. 73, p. 18-30, 2015.

Economic Impacts of Natural Disasters in Megacities: The Case of Floods in São Paulo, Brazil
Haddad, E. A., and Teixeira, E.. Habitat International, v. 45,  p. 106-113, 2015

Multipliers in an Island Economy: The Case of the Azores
Haddad, E. A., Silva, V., Porsse, A. A., and Dentinho, T. In:  A. Batabyal and P. Nijkamp (Eds.), The Region and Trade: New Analytical Directions, World Scientific, p. 205-226, 2015

Spatial Perspectives of Increasing Freeness of Trade in Lebanon
Haddad, E. A.. The Annals of Regional Science, v.53, n. 1, p. 23-54, 2014.

Economic Impacts of Natural Resources on a Regional Economy: The Case of the Pre-Salt Oil Discoveries in Espírito Santo, Brazil
Haddad, E. A., and Giuberti, A. C.. Economy of Region, v. 1, p. 111-124, 2014.

Climate Change in Lebanon: Higher-order Regional Impacts from Agriculture
Haddad, E. A., Farajalla, N., Camargo, M., Lopes, R. L., and Vieira, F. V.. Region, v. 1, p. 9-24, 2014.

Domestic Tourism and Regional Inequality in Brazil
Haddad, E. A., Porsse, A. A., and Rabahy, W. A.. Tourism Economics, v. 19, p. 173-186, 2013.

Impact Assessment of Interregional Government Transfers: Lessons from the Brazil Experience
Haddad, E. A., Luque, C. A., Lima, G. T., Sakurai, S. N and Costa, S. M., In: J. R. Cuadrado-Roura and P. Aroca (Eds.), Regional Problems and Policies in Latin America, Advances in Spatial Science, Springer Verlag, p. 475-493, 2013

Climate Change and the Future of Regions
Azzoni, C. R. and Haddad, E. A.. In: R. Capello and T. P. Dentinho (Eds.). Networks, Space and Competitiveness: Evolving Challenges for Sustainable Growth. Edward Elgar Publishing, 2012.

Regional Integration in Colombia: A Spatial CGE Application
Haddad, E. A., Barufi, A. M. B., Costa, S. M.. Scienze Regionali / Italian Journal of Regional Science, v.10, p. 3-28, 2011.

Assessing the ex ante Economic Impacts of Transportation Infrastructure Policies in Brazil
Haddad, E. A.; Perobelli, F. S.; Domingues, E. P.; Aguiar, M.. Journal of Development Effectiveness, v. 3, no.1, p. 44-61, 2011.

Major Sport Events and Regional Development: The Case of the Rio de Janeiro 2016 Olympic Games
Haddad, E. A. e Haddad, P. R.. Regional Science Policy and Practice, v. 2, p. 79-95, 2010.

Regional Effects of Port Infrastructure: A Spatial CGE Application to Brazil
Haddad, E. A., Hewings, G. J. D., Perobelli, F. S. e dos Santos, R. A. C.. International Regional Science Review, v. 33, p. 239-263, 2010.

Spatial Aspects of Trade Liberalization in Colombia: A General Equilibrium Approach
Haddad, E. A., Bonet, J., Hewings, G.J.D. e Perobelli, F.S.. Papers in Regional Science, v. 88, p. 699-732, 2009.

Input-Output Analysis: Foundations and Extensions
Miller, R, and Blair P., 2nd Edition. Cambridge, UK: Cambridge University Press, 2009.

Interregional Computable General Equilibrium Models
Haddad, E. A.. In: Sonis, M.; Hewings, G. J. D. (Org.). Tool Kits in Regional Science: Theory, Models and Estimation, Berlin: Springer, p. 119-154, 2009.

Exploring Spatial Data with GeoDa: A Workbook
Anselin, L., Spatial Analysis Laboratory, Department of Geography, University of Illinois, Urbana-Champaign, Revised Version, March 6, 2005.

Notes and Problems in Applied General Equilibrium Economics
Dixon, P.B.,Parmenter, B.R., Powell, A. A. and Wilcoxen, P. J., Amsterdam, North-Holland, 1992.

Notes and Problems in Microeconomic Theory
Dixon, P.B.,Bowles,  S. and Kendrick, D., Amsterdam, North-Holland, 1980.

 

 


© Nereus – Todos os direitos reservados. | Home | Nereus | Equipe | Linhas de Pesquisa | Projetos | Publicações | Dados e Programas | Eventos | Notícias | Contatos | RSS | Mapa do Site