english | español | acesso restrito | t (55 11) 3813.1444 | f (55 11) 3032.8334 | nereus@usp.br

NEREUS disponibiliza MIP para as Unidades de Gerenciamento de Recursos Hídricos de SP

O Sistema Cantareira ficou amplamente conhecido pelos paulistanos desde a última crise hídrica entre 2014-2016. Esse Sistema faz a transposição de água bruta da bacia do rio Piracicaba/Jundiaí/Capivari para o Alto Tietê, sendo responsável por uma parte significativa do abastecimento público da Região Metropolitana de São Paulo, e explicita como uma região é dependente de outra para que todos possam ter acesso ao bem tão essencial que é a água.

No entanto, essa interdependência não ocorre somente através dessas complexas infraestruturas de transposição. Quando um produto de uma região é vendido para outra, a água usada no seu processo produtivo também está sendo transacionada junto com o produto. Essa água é chamada de “água virtual”.

No trabalho de Keyi Ussami e Joaquim Guilhoto, que acaba de ser aceito para publicação na revista EconomiA, essa interdependência é explicitada usando o modelo de insumo-produto. O artigo apresenta uma aplicação para o caso do Alto Tietê, mas todas as demais Unidades de Gerenciamento de Recursos Hídricos do Estado de São Paulo também constam na base de dados, o que permite explorá-la para outras aplicações.

Base de dados

Veja artigo completo aqui

Ussami, K. A, Guilhoto, J. J. M. Economic and Water Dependence among Regions: The case of Alto Tiete, Sao Paulo State, Brazil. EconomiA (2018). In press. https://doi.org/10.1016/j.econ.2018.06.001


© Nereus – Todos os direitos reservados. | Home | Nereus | Equipe | Linhas de Pesquisa | Projetos | Publicações | Dados e Programas | Eventos | Notícias | Contatos | RSS | Mapa do Site