O sistema plataforma tem sido usado no Canadá, Estados Unidos, Escandinávia, Japão, Austrália, Nova Zelândia, entre outros para construção de casas e outras edificações térreas, de dois e de três pisos em áreas urbanas ou rurais e em unidades isoladas ou múltiplas.

HISTÓRICO

O sistema que deu origem ao sistema plataforma é o "baloon frame" denominação devida à aparência "etérea" da estrutura de madeira de 2 x 4 polegadas (5,08 x 10,16 cm), constituiu-se numa revolução na construção, que era ideal para as condições americanas.

O "baloon frame" foi inventado por George Washington Snow (1797 - 1870), um engenheiro civil de Chicago. A primeira obra no sistema foi a igreja St. Mary's em Chicago, construída em 1833.

A madeira após sua decadência na arquitetura monumental, cedendo lugar para o ferro, o aço e para o concreto, teve aplicação em uma escala imensa na arquitetura vernácular americana como resultado deste sistema.

O método tradicional de poste e viga requeria madeiras muito pesadas (de grande seção) e considerável habilidade de carpintaria na lavração da madeira. Com o sistema "balloon" eram requeridas apenas habilidades elementares para fixar por pregação apenas peças leves de madeiras de dimensões padronizadas. Este sistema versátil e simples tornou-se a maneira de se fazer casas na América do Norte, mesmo naquelas com lâmina de tijolos nas paredes externas em lugar do fechamento em madeira.

Konrad Wachsmann, escreveu o livro Holzhausbau (1930), publicado na Alemanha, onde é descrito com riqueza de detalhes esta forma de construção ("balloon frame"). Esse trabalho foi claramente influente em muitos jovens arquitetos europeus dos anos trinta.

Também teve importância no desenvolvimento do sistema, a invenção da máquina de produzir pregos em massa, que substitui os pregos forjados a mão. As máquinas para produzir prego foram patenteadas na Inglaterra e nos Estados Unidos por falta de 1790. A variedade de pregos aumentou até cobrir cada uso especializado na construção de "timber frame". Em 1968 haviam 270 diferentes tipos de prego sendo usados na construção residencial e rural nos Estados Unidos.

Outro fator importante foi a grande documentação oficial elaborada pelos órgãos oficiais dos Estados Unidos e Canadá, que eliminaram a mística da construção antes de encorajá-la, como tem feito o sistema de documentação britânico.

O sistema plataforma se originou do Sistema Baloon Frame.
O fato de ter se tornado altamente padronizado somado a sua simplicidade, tem feito com que ele seja muito mais usado que o próprio sistema "balloon" ao qual vem substituíbndo.

CARACTERÍSTICAS

O caráter distinto da estrutura plataforma é que ele quebra o todo complexo da estrutura da casa em várias partes distintas, fáceis de compreender e fáceis de construir.

Trata-se de estrutura em que não existe a costumeira hierarquia de elementos principais e secundários, ligados através de encaixes, mas onde numerosas tiras finas de dimensões uniformes são colocadas em distâncias modulares e unidas por simples pregos.

Essa estrutura permite aproveitar o trabalho industrial da madeira em dimensões unificadas, e torna-se possível pelo baixo preço dos pregos; por outro lado, abrevia o tempo de montagem e não exige conhecimentos especializados, sendo tolerante a inevitáveis pequenos erros.

Suas Principais características são

utilização de peças de madeira de pequena seção;
peças em ângulo reto e com poucos encaixes;
paredes portantes;
uniões quase que exclusivamente por pregos e
bastante flexibilidade arquitetônica.

NO BRASIL

Considerando-se

a versatilidade do sistema para a construção de casas de variados tamanhos e classes de acabamento;
a adequação do sistema plataforma para utilização de madeira de pequeno diâmetro;
a facilidade para adoção da técnica;
a facilidade para treinamento do pessoal¹;
a possibilidade de se iniciar a introdução do sistema a partir do uso de tábuas no fechamento e na construção de pisos, paredes, forros e telhados;
a possibilidade de se utilizar o sistema para a construção de casas de um a três pisos de várias classes de custo;
a adequação para a pré-fabricação;
a existência de abundante documentação técnica sobre o sistema;
tratar-se de sistema com mais de 150 anos de uso em várias partes do mundo.

É razoável supor-se o sistema plataforma como digno de estudo para implantação no país com algumas pequenas alterações que não modifiquem suas características fundamentais, de modo que fiquem asseguradas a padronização das seções das madeiras, desempenho estrutural, a estanqueidade, a liberdade arquitetônica e a simplicidade de construção.

Matéria Prima

O sistema construtivo "balloon" foi criado quando ainda não existiam os painéis de madeira compensada ou aglomerada², usados atualmente para fechamento de paredes, coberturas, forros e contrapisos.
Usava-se então exclusivamente madeira serrada. Assim o sistema pode ser aplicado no Brasil usando-se principalmente madeira serrada.

O fato de utilizar peças de pequenas dimensões torna possível a utilização de madeira proveniente de florestas jovens, compostas de árvores de pequenos diâmetros que é mais barata.

Obs.1-
Uma característica importante do sistema proposto é a relativa facilidade com que se pode treinar a mão de obra. A maioria das peças de madeira são serradas em ângulo reto e os encaixes praticamente inexistentes.
Obs.2-
A utilização de painéis ajuda no desempenho estrutural, pois solidariza a ossatura de madeira das paredes, pisos , forro e até do telhado. Além disso facilita a construção tornando-a mais rápida e em virtude de os painéis serem esquadrejados e terem dimensões padronizadas podem tornar a construção mais precisa em termos dimensionais.
Introdução
Está dividida em duas partes. Manual, que oferece informações úteis para uma melhor compreenssão do conteúdo, e Sistema, que introduz o sistema construtivo plataforma.