Problemas internalizantes: revisão de intervenções sobre as práticas parentais

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Natália Pinheiro Orti
Alessandra Turini Bolsoni-Silva

Resumo

Apesar de estudos apontarem a associação entre problemas internalizantes e variáveis familiares, predominam as intervenções focadas na criança ou no adolescente. Este estudo teve por objetivo identificar e descrever características de programas de intervenção para problemas internalizantes na infância ou adolescência, que incluem os pais, descritos em pesquisas aplicadas. Diferentes palavras-chave foram combinadas no mecanismo de busca do portal da Capes. A partir do levantamento foram encontrados cinco estudos internacionais de intervenção, os quais foram avaliados na íntegra e descritos quanto ao delineamento, participantes, conteúdo, características das intervenções, resultados e follow-up. A eficácia das intervenções parentais foi discutida quanto à consistência dos procedimentos de intervenção com os fatores de risco e proteção descritos pela literatura da área.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Palavras-chave:
Problemas internalizantes, práticas parentais, intervenção
Como Citar
Orti, N., & Bolsoni-Silva, A. (2017). Problemas internalizantes: revisão de intervenções sobre as práticas parentais. Revista Brasileira De Terapia Comportamental E Cognitiva, 19(2), 138-159. https://doi.org/10.31505/rbtcc.v19i2.1037
Seção
Revisões sistemáticas de literatura