Intervenção baseada na psicoterapia analítica funcional em um caso de transtorno de pânico com agorafobia

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Fernanda Augustini Pezzato
Alessandra Salina Brandão
Claudia Kami Bastos Oshiro

Resumo

Estratégias terapêuticas descritas como eficazes em transtornos de ansiedade envolvem procedimentos comportamentais e cognitivo-comportamentais de exposição a enfrentamento de situações aversivas. Entretanto, considerando-se que o padrão comportamental comum a estes transtornos é a esquiva fóbica, o uso de tais estratégias pode dificultar a adesão ou promover fuga/esquiva do e no processo terapêutico. A Psicoterapia Analítica Funcional surge como alternativa para manejo dos comportamentos de esquiva e para promoção de respostas de enfrentamento. Este estudo apresenta a análise da relação terapêutica de um caso de Transtorno de Pânico com Agorafobia. A intervenção baseada na FAP foi adotada para auxiliar no manejo do padrão de esquiva do processo terapêutico apresentado pela cliente. Os resultados demonstram a efetividade dos procedimentos adotados e confirmam a possibilidade de utilização da FAP para aumento da eficácia de terapias empiricamente baseadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Pezzato, F. A., Brandão, A. S., & Oshiro, C. K. B. (2012). Intervenção baseada na psicoterapia analítica funcional em um caso de transtorno de pânico com agorafobia. Revista Brasileira De Terapia Comportamental E Cognitiva, 14(1), 74-84. https://doi.org/10.31505/rbtcc.v14i1.495
Seção
Pesquisas originais