Aspectos positivos na Terapia Cognitivo- Comportamental em grupo com idosos: uma análise sistemática da literatura

Main Article Content

Eduarda Rezende Freitas
Altemir José Gonçalves Barbosa
Carmem Beatriz Neufeld

Resumo

O desenvolvimento de aspectos positivos da vida pode contribuir para um envelhecimento positivo. Para caracterizar os principais focos das intervenções em Terapia Cognitivo-Comportamental em Grupo (TCCG) com idosos e analisar se aspectos positivos constituem enfoque delas, efetuou-se uma revisão sistemática da literatura. Selecionaram-se artigos empíricos publicados entre 1998 e 2012 indexados com termos que se referem à prática de TCCG nas bases de dados PsycARTICLES ou PsycINFO e que incluíram pessoas acima de 64 anos nas amostras. Recuperaram-se 83 pesquisas. Aspectos positivos estão presentes em 48,2% dos artigos, sendo Qualidade/Satisfação com a Vida e Coping os mais frequentes. A maioria deles, no entanto, não constitui o foco principal dos artigos. A produção científica sobre TCCG com idosos se mantém centrada no tratamento de transtornos psiquiátricos que é indubitavelmente fundamental, mas não é suficiente. É necessário, como proposto pela Psicologia Positiva, que aspectos positivos também sejam alvo da psicoterapia, contribuindo, assim, para um envelhecimento positivo.

Article Details

Como Citar
Freitas, E., Barbosa, A., & Neufeld, C. (2016). Aspectos positivos na Terapia Cognitivo- Comportamental em grupo com idosos: uma análise sistemática da literatura. Revista Brasileira De Terapia Comportamental E Cognitiva, 18(2), 86-99. https://doi.org/10.31505/rbtcc.v18i2.889
Palavras-chave:
Envelhecimento Positivo, Idosos, Psicologia Positiva, Terapia Cognitivo-Comportamental em Grupo
Seção
Diálogos com Outras Teorias