O treino de operantes verbais durante o comportamento de estudar: relato de um caso

Vagner Angelo Garcia, Alessandra Pereira Falcão, Ana Claudia Moreira Almeida Verdu

Resumo


Professores dedicam-se a ensinar leitura e cópia em sala de aula, e as avaliações demandam compreensão da leitura e respostas a questionários, tal como intraverbais, que testam algo diferente do ensinado. Este estudo acompanhou caso em que um adolescente apresentava dificuldade na resposta intraverbal convencionada como adequada na prova; a partir do referencial da Análise do Comportamento, levantou-se a hipótese de que o repertório verbal solicitado na prova (intraverbais escritos), não era o mesmo realizado no momento do estudo (leitura subvocal), e que tornar estes operantes interdependentes funcionalmente seria condição para que o aluno apresentasse uma resposta efetiva em condições semelhantes às da prova. A intervenção pautou-se em quatro fases. Os resultados demonstram que a utilização de diferentes operantes verbais durante o estudar criam condições para que se estabeleçam interdependências que possibilitam a melhora no desempenho acadêmico.

Palavras-chave


comportamento verbal; comportamento de estudar; transferência de controle entre operantes verbais

Texto completo: PDF

Revista Brasileira de Terapia Comportamental e Cognitiva ISSN 1517 - 5545
Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental