Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Blog da USP
12 de maio de 2017 - Imprimir Imprimir

Aulas para crianças na ECA-USP reúnem ensino, pesquisa e extensão

pg_0003

(Matéria publicada pela Imprensa Oficial, em 10/05/17)

11 de maio de 2017 - Imprimir Imprimir

Grupo de estudos promove nona edição de jornada sobre retórica e argumentação

2017_CARTAZ_GERAR_Final_VIII_B_email_redes sociais (2)

10 de maio de 2017 - Imprimir Imprimir

CNPq concede título de emérito a professor da FFCLRP

Fábio de Melo Sene

Sene fez mestrado, doutorado e livre-docência pela USP

O professor sênior do Departamento de Biologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP), Fábio de Melo Sene, foi agraciado com o prêmio Pesquisador Emérito, concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). A cerimônia de premiação foi realizada no dia 9 de maio, no Auditório da Escola Naval da Marinha do Brasil, no Rio de Janeiro.

O  prêmio Pesquisador Emérito do CNPq foi criado em 2005 e contempla, a cada ano, premia dez cientistas brasileiros pelo conjunto da obra científico-tecnológica e por seu renome junto à comunidade científica.

“É um prêmio em nível nacional, e é muito bom quando nosso trabalho é reconhecido pelos pares. A emoção aumentou quando entrei no site do CNPq e vi a lista dos pesquisadores que já receberam o prêmio, sendo, a maioria deles, pesquisadores que sempre admiramos”, comemorou Sene.

Já receberam o título expoentes da área acadêmica como Rogério Cezar de Cerqueira Leite, José Goldemberg, Paulo Emílio Vanzolini, Otto Richard Gottlieb, Luiz Hildebrando Pereira da Silva, Ricardo Renzo Brentani, Aziz Ab’Saber, entre outros.

Graduado em História Natural, Sene fez mestrado, doutorado e livre-docência, todos pela USP. Fez pós-doutorado na University of Hawaii e na University of Arizona. É professor titular pela USP e, atualmente, atua como colaborador sênior junto ao Departamento de Biologia da FFCLRP e no Programa de Pós-Graduação em Genética da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP).

(Com informações e foto do Serviço de Comunicação Social da Prefeitura do Campus de Ribeirão Preto) 

9 de maio de 2017 - Imprimir Imprimir

Esalq promove atividade do programa “USP e as Profissões” em Piracicaba

ESALQ_-Edificio-Central-146-11-Fto-F-Emolo-32

Prédio central da Esalq, no campus de Piracicaba

A Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq) promove, no próximo dia 20 de maio, das 9h às 13h30, o programa “USP e as Profissões”, uma iniciativa da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária destinada a estudantes do ensino médio e de cursos preparatórios para o vestibular.

O objetivo da atividade é oferecer aos pré-vestibulandos diversas oportunidades de acesso às informações necessárias para uma escolha mais consciente da carreira, dentre aquelas existentes na USP.

Na Esalq, localizada no campus de Piracicaba, os estudantes receberão orientações sobre os cursos de graduação oferecidos pela Escola: Administração, Ciências Biológicas, Ciências dos Alimentos, Ciências Econômicas, Engenharia Agronômica, Engenharia Florestal e Gestão Ambiental.

A atividade será realizada na Central de Aulas (Av. Pádua Dias, nº 11, em Piracicaba). Para participar, os interessados podem se inscrever gratuitamente, a partir do dia 10 de maio, no site do Programa.

(Foto: Marcos Santos / USP Imagens)

8 de maio de 2017 - Imprimir Imprimir

FZEA promove colóquio sobre perspectivas da pesquisa na USP

coloquio cpq 4

5 de maio de 2017 - Imprimir Imprimir

Arquivo Geral promove palestra sobre ambientes digitais

O Arquivo Geral da USP promove, no dia 24 de maio, às 14h, a palestra “Da base ao digital: interdição, liberdade de expressão e acesso público a informações de arquivo”, que será ministrada pela jornalista e doutora em Ciências da Comunicação pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, Andrea Limberto.

A palestra tratará das recentes iniciativas de transposição de informações de arquivo para ambientes digitais, com base especialmente nos principais conceitos de arquitetura da informação, tendo como fonte a documentação do Arquivo Miroel Silveira, objeto de estudo de pós-doutorado da pesquisadora.

O Arquivo Miroel Silveira, pertencente à Biblioteca da ECA, guarda mais de seis mil processos de censura teatral que cobrem o período de 1930 a 1970. Concebida antes do Estado Novo de Getúlio Vargas e extinta em São Paulo em 1968, quando o Ato Institucional nº 5 tornou a censura teatral uma atribuição federal, a censura prévia estatal, que prevaleceu até nos períodos democráticos, foi sistematizada de modo a aprimorar o controle da produção artística teatral do Estado de São Paulo e do país. Fazem parte do acervo cerca de 1.100 peças de circo-teatro – textos encenados sob as lonas dos circos ou dos pavilhões (estruturas desmontáveis dedicadas exclusivamente à encenação teatral).

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (11) 3091-8459 e (11) 2648-8247. O Arquivo está localizado à Rua Francisco dos Santos, 107, na Cidade Universitária, em  São Paulo.

4 de maio de 2017 - Imprimir Imprimir

Brasil e França se unem em rede de pesquisa focada em energia e meio ambiente

02. Vahan Agopyan 159-17 Foto Marcos Santos 154

A cerimônia foi realizada no Auditório Professor Francisco Romeu Landi, do prédio da Administração da Escola Politécnica (Poli).

Foi oficializada, no dia 3 de maio, a instalação do Laboratoire International Associé Franco Brésilien – Energie & Environnement (LIA), em cerimônia realizada no Auditório Professor Francisco Romeu Landi, do prédio da Administração da Escola Politécnica (Poli).

O evento contou com a participação do vice-reitor da USP, Vahan Agopyan; do diretor da Poli, José Roberto Castilho Piqueira; do conselheiro de Cooperação e Ação Cultural Adjunto da Embaixada da França no Brasil, Philippe Martineau; do secretário adjunto de Energia e Mineração do Estado de São Paulo, Ricardo de Toledo e Silva; do presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), José Goldemberg; entre outras autoridades e pesquisadores.

O LIA é uma rede virtual de pesquisa focada em energia e meio ambiente. Foi criada pelo Governo francês para estruturar colaborações entre equipes de pesquisa e laboratórios da França com parceiros de outros países com quem já realizam algum tipo de trabalho conjunto.

A Poli já integra a rede de pesquisa, ao lado das instituições francesas Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS), Centrale Supélec, Université Paris-Sud, Université de Lille, Centrale Lille, Ecole Nationale Supérieure de Chimie de Lille e Université d’Artois e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

O diretor científico do Laboratório no Brasil, pelo lado da França, é Nasser Darabiha, da Centrale Supélec. Já o diretor científico brasileiro é o professor José Pissolato, da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC) da Unicamp. O grupo de pesquisadores da Poli-USP dentro do LIA é coordenado pelo professor Song Won Park, do Departamento de Engenharia Química (PQI).

A rede vai atuar por quatro anos, prorrogáveis por mais quatro, em pesquisas de fontes de energia renováveis, observando todas as suas facetas: a produção, o consumo, os impactos ambientais, a integração e interação com outras formas de energia, e as redes de distribuição.

Pesquisadores que tenham projetos nessas áreas podem entrar em contato com o professor José Pissolato (pissolato@gmail.com) para discutir as possibilidades de cooperação e inserção no LIA. As principais linhas de pesquisa são: transformação da energia (focando em pesquisas sobre combustão, formação de poluentes, eficiência energética, por exemplo); redes de distribuição (integração, estocagem geração distribuída, proteção e qualidade dos serviços e outros); e meio ambiente (redução das emissões, fontes renováveis, otimização da rede de energia, gerenciamento de recursos hídricos e lixo).

(Com informações da Assessoria de Comunicação da Poli / Foto: Marcos Santos)

3 de maio de 2017 - Imprimir Imprimir

Campus da USP em São Carlos promove campanha do agasalho

(Matéria veiculada pela EPTV, em 02/05/17)

2 de maio de 2017 - Imprimir Imprimir

Planejamento energético é tema de conferência do Instituto de Energia e Ambiente

O Instituto de Energia e Ambiente (IEE) da USP promove, no dia 12 de maio, às 11h, a conferência “O Novo Planejamento Energético no Brasil”, que terá como convidado o presidente da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Luiz Augusto Nóbrega Barroso.

A EPE é uma instituição ligada ao Ministério de Minas e Energia e tem por finalidade prestar serviços na área de estudos e pesquisas destinadas a subsidiar o planejamento do setor energético, tais como energia elétrica, petróleo e gás natural e seus derivados, carvão mineral, fontes energéticas renováveis e eficiência energética, dentre outras.

O palestrante é graduado em Matemática e possui mestrado e doutorado em Pesquisa Operacional. Preside a EPE desde julho de 2016 e desenvolve atividades nas áreas de economia da energia e planejamento energético; valoração de ativos, estudos econômicos e gerencia de risco e otimização físico/financeira; leilões de energia; desenho de mercados de eletricidade e gás; e estudos de mercado, projeção de preços e tarifas e assessoria regulatória a geradores, consumidores, bancos de investimento e financiadores.

O evento será realizado no auditório do IEE  (Av. Prof. Luciano Gualberto, 1.289, Cidade Universitária, São Paulo). As inscrições devem ser feitas pelo e-mail comunicacao@iee.usp.br.

28 de abril de 2017 - Imprimir Imprimir

Instituto de Psicologia oferece curso gratuito de orientação à queixa escolar

2017.04.28 - Curso IP