Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Blog da USP - 11/11/2013 - Imprimir Imprimir

Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto debate o futuro do SUS

Os 25 anos de funcionamento do Sistema Único de Saúde, mas conhecido pela sua sigla SUS, marcam um avanço por garantir o direito à saúde a todos os cidadãos, mas também levantam importantes reflexões sobre a qualidade da assistência atualmente prestada à população. Diversas questões referente ao Sistema serão discutidas em um evento promovido pelo Centro Acadêmico Rocha Lima, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, que será realizado no dia 13 de novembro, às 18h, no Prédio Central da Faculdade.

As questões são: O que aconteceu nesses 25 anos? Por que os rumos do SUS divergem tanto daqueles traçados na década de 80? Por que a maior parte da população brasileira ainda sofre com um atendimento precário? Quais são os desafios atuais do SUS? Qual é o seu futuro? O que podemos fazer para torná-lo mais adequado às necessidades da população brasileira?

No evento também será prestada uma homenagem pelos 10 anos da morte de Sérgio Arouca, médico formado na USP de Ribeirão Preto e importante liderança no processo de construção do Sistema Único de Saúde. Estarão presentes o ex-ministro da Saúde José Gomes Temporão e o professor Marco Antonio Barbieri, amigo de Arouca.

As inscrições são gratuitas e abertas ao público, e podem ser feitas pelo e-mail: sus25anos@gmail.com informando o nome, instituição e telefone, ou no dia do evento. O Prédio Central da FMRP fica dentro do campus da USP em Ribeirão Preto, que está localizado na Av. Bandeirantes, 3900.

Mais informações pelo e-mail: sus25anos@gmail.com

(Com informações do Serviço de Comunicação Social da Prefeitura do Campus de Ribeirão Preto – PUSP-RP)

•  •  •  •

Deixe um comentário

Política de moderação de comentários

Este blog reserva-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou outros princípios da boa convivência. Dessa forma, serão suprimidos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa ou falsidade ideológica.