Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Blog da USP - 08/12/2014 - Imprimir Imprimir

Teatro da USP e Museu da Diversidade apresentam a peça Frida Kahlo – Calor e Frio

Na peça, a história de Frida Kahlo é recriada a partir de suas obras

Com um texto fundamentalmente lírico, a peça “Frida Kahlo – Calor e Frio”, da companhia Estelar de Teatro, recria não só a história da artista mexicana Frida Kahlo, mas também de uma época muito potente para o México: o início do século XX. E, em uma parceria entre o Teatro da USP (TUSP) e o Museu da Diversidade, o espetáculo é apresentado em curta temporada, de 6 a 14 de dezembro, às 18h, com entrada gratuita.

O espetáculo, que têm duração de 75 minutos e classificação etária de 14 anos, traz a história de Frida recriada a partir de suas obras, onde a arte e o papel da artista também são temas fundamentais da obra, através de uma montagem que dialoga com as artes performativas, a música, a dança, a poesia, as artes visuais e a festa. O espetáculo se relaciona com um momento muito potente para a América Latina: o início do século XX – em que o México recebe a visita de artistas como Eisenstein, Artaud, Maiakóvski, Tina Modotti e políticos como Trótski – e o continente começa a mandar suas influências ao velho mundo.  Amor, liberdade, humor e potência de vida, bem como a natureza visionária do casal Diego e Frida, sonhando uma América poderosa, inspirada pela arte précolombiana e em apaixonado devir, são outros temas do espetáculo.

Nesta temporada a Companhia teatral propõe uma espécie de “esquenta” com o público, no qual a concentração é feita na Praça do Largo do Arouche, a partir das 18h, e a apresentação se inicia com um cortejo meia hora depois, em um trajeto que termina no Museu da Diversidade.

Berlim e México

A peça estreou em Berlim, no Centro de Pesquisas Teatrais de Jurij Alschitz e de lá seguiu para o México, com apresentações na Escola Superior de Artes de Yucatán e no Museu Casa Frida Kahlo – local onde a artista morou, na Cidade do México. Além das apresentações da peça, intervenções urbanas e cursos ministrados marcaram a trajetória da companhia em várias cidades mexicanas.

Em São Paulo, a montagem cumpriu temporada no Espaço Viga e se apresentou no Casarão do SESC IpirangaNo Paraná, esteve no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, durante a primeira exposição com as fotos de Frida Kahlo no Brasil. E, participou ainda de Festivais, como o Festara, de Araçatuba, como convidado do SESC.

A parceria entre o TUSP e o Museu da Diversidade traz ainda, em janeiro de 2015, a realização de um ciclo de leituras públicas com o tema Diversidade no Teatro Mexicano Contemporâneo.

A peça “Frida Kahlo – Calor e Frio”, ficará em cartaz de 6 a 14 de dezembro, aos sábados e domingos, às 18h.

O cortejo se inicia na Praça do Largo do Arouche e segue até o Museu da Diversidade, localizado na Rua do Arouche, 24 – Metrô República, que tem capacidade de 70 lugares.

Mais informações pelo telefone: (11) 2627-8078 ou site: www.estelardeteatro.com.br

(Foto: Divulgação)

•  •  •  •

1 comentário para Teatro da USP e Museu da Diversidade apresentam a peça Frida Kahlo – Calor e Frio

  1. caroline's Gravatar caroline
    9 de dezembro de 2014 às 20:04 | Permalink

    quero muito assistir esse filme

Deixe um comentário

Política de moderação de comentários

Este blog reserva-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou outros princípios da boa convivência. Dessa forma, serão suprimidos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa ou falsidade ideológica.