Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Blog da USP - 29/03/2016 - Imprimir Imprimir

Rede Alimentar SustentAREA incentiva hábitos alimentares mais saudáveis

Preocupada com o risco de doenças crônicas e o impacto ambiental da produção de alimentos, a Faculdade de Saúde Pública criou a Rede Alimentar “SustentAREA”, a partir do projeto “Dia sem carne”, que existe desde 2012.

A Rede Alimentar “SustentAREA” é um projeto de extensão da Faculdade de Saúde Pública (FSP) formado por alunos, professores e funcionários da Faculdade, com o objetivo de ajudar a construir e manter um hábito saudável na população, a fim de reduzir o risco de doenças crônicas e o impacto ambiental da produção de alimentos.

O projeto tem uma visão global da alimentação, desde a produção dos alimentos até os hábitos de consumo. A ideia é realizar atividades e vivências sobre alimentação e sustentabilidade com adolescentes de escolas públicas de São Paulo, usando suas dúvidas e experiências para criar uma rede de informações e sustentação para promover mudanças significativas no hábito não só dos adolescentes, mas também de seus amigos e familiares.

A equipe do projeto pretende alcançar mais de 5 mil pessoas, reduzindo o impacto ambiental e o risco de doenças como obesidade, câncer, diabetes e doenças do coração, e contribuindo para uma vida mais longa em um planeta mais saudável.

“Dia sem carne”

O “Dia sem carne” foi um projeto de extensão da Faculdade de Saúde Pública (FSP) que surgiu em março de 2012, baseado em uma dissertação de mestrado que alertava para o alto consumo de carne na cidade de São Paulo e sua relação com o aumento do risco de doenças cardiovasculares e câncer de cólon e reto.

Com o propósito de debater a questão e conscientizar a população da necessidade de diminuir o consumo excessivo de carne, o projeto proporcionava, uma vez por semana, um cardápio sem carne no restaurante universitário da FSP, além de promover palestras, intervenções, vídeos e campanhas.

Para mais informações, assista ao vídeo do projeto:

 

•  •  •  •

Deixe um comentário

Política de moderação de comentários

Este blog reserva-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou outros princípios da boa convivência. Dessa forma, serão suprimidos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa ou falsidade ideológica.