Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Blog da USP - 20/06/2016 - Imprimir Imprimir

Professores da EACH lançam livro sobre turismo na América Latina

capa livro em português

A imagem da capa da edição em português foi fotografada na Costa Rica, em 2013

Os professores do curso de Lazer e Turismo da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP, Alexandre Panosso Netto e Luiz Gonzaga Godoi Trigo, lançaram a edição em português do livro “Turismo na América Latina: Casos de Sucesso” (Editora Triunfal). Com organização dos dois professores, o livro também conta com a contribuição de outros 25 estudiosos do turismo residentes em 13 países latino-americanos.

Os capítulos discutem como o continente despertou para a importância da profissionalização em turismo para a diversidade de suas atrações e melhoria da qualidade de serviços. Os dois capítulos introdutórios apresentam as realidades culturais e econômicas da região, e os 11 capítulos seguintes discutem casos de sucesso no Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, México, Panamá, Peru e República Dominicana.

Esse livro é uma versão do original publicado em inglês pela Editora Springer, lançado em 2015, com o título Tourism in Latin America. Cases of Success.

A edição em português manteve-se fiel à em inglês, mas recebeu atualizações consideradas necessárias pelos autores e foi apoiada financeiramente pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP, por meio do Programa de Editais.

A obra está disponível virtualmente desde o dia 9 de junho – clique aqui para acessar a versão em PDF. O lançamento com a presença dos organizadores ocorrerá durante o 13º Seminário da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Turismo (ANPTUR), que será realizado na cidade de São Paulo, de 28 a 30 de setembro de 2016.

(Foto: Alexandre Panosso Netto / Com informações da Assessoria de Imprensa da EACH)

•  •  •  •

Deixe um comentário

Política de moderação de comentários

Este blog reserva-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou outros princípios da boa convivência. Dessa forma, serão suprimidos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa ou falsidade ideológica.