Sala de Imprensa - USP – Universidade de São Paulo
E-mail: 
Fone:   +55 11 3091-3220 / 3300
Blog da USP - 19/10/2016 - Imprimir Imprimir

Centro Universitário Maria Antonia apresenta Projeto “Paisagens Fugidias”, até 30/10

O Centro Universitário Maria Antonia (Ceuma) apresenta, até o dia 30 de outubro, a primeira edição do projeto “Paisagens Fugidias”, que conta com mostras individuais das artistas Rosângela Rennó, Laura Vinci e Marcia Xavier.

O projeto “Paisagens Fugidias” convida artistas para ocuparem espaços do Ceuma distintos dos que são habitualmente dedicados a receber trabalhos de arte. Entre eles, um átrio que conecta dois edifícios, abrindo-se ao mesmo tempo para a rua, ou um hall de geometria singular, com paredes e grande janelas em curva. Nesses espaços diferentes são criadas situações de passagem de sentidos, que se deslocam entre aqueles instaurados pela presença dos trabalhos e o de uma funcionalidade originalmente atribuída a esses lugares, agora posta em suspenso pela arte. A coordenação do projeto é de Marta Bogéa e João Bandeira.

EX_2016-09_laura-vinci-2_940x225Laura Vinci apresenta “No Ar”, trabalho que se realiza a partir da produção de vapor de água em suspensão, instalado numa área a céu aberto com acesso direto à rua em que está sediado o Centro. Laura nasceu em 1962, na cidade de São Paulo. Participou da 26ª Bienal de São Paulo, em 2004, e de diversas edições da Bienal do Mercosul, em Porto Alegre, 1999, 2005 e 2009. Possui obras em acervos como os da Pinacoteca do Estado de São Paulo, do Instituto de Arte Contemporânea Inhotim, do Museu de Arte Contemporânea (MAC) da USP e do Palazzo delle Papesse (Itália).

EX_2016-09_paisagens-fugidias_940x225_1Rosângela Rennó ocupa um amplo saguão de um dos edifícios da instituição, espaço normalmente usado como circulação para salas destinadas a cursos e projeções de filmes, e ainda outras em que trabalham as equipes do Centro, com obras da série “Imagem de Sobrevivência” – cada uma com quatro projetores de slides em funcionamento coordenado. Rosângela também nasceu em 1962, em Belo Horizonte. A artista já participou de duas Bienais de São Paulo, em 1994 e 1998, e da 50ª edição da Bienal de Veneza, 2003. Possui trabalhos em coleções do Museu Nacional Reina Sofia (Espanha), do Arts Institute of Chicago (Estados Unidos) e do Tate Modern (Reino Unido).

EX_2016-09_paisagem-liquido_940x225_0Marcia Xavier apresenta “Paisagem Líquida I” e “Paisagem Líquida II” numa pequena sala próxima ao auditório para palestras, no 3º andar do Ceuma. Marcia nasceu em 1967, em Belo Horizonte. Participou da Bienal do Mercosul, em 2001, e da 6ª Bienal de Havanna, em Cuba, 1997. Possui trabalhos em coleções como as da Société Generale d’art Contemporain (França), dos Museus de Arte Moderna (MAM) de São Paulo e do Rio de Janeiro.

As mostras podem ser visitadas gratuitamente, de terça-feira a domingo, das 16h às 20h, até 30 de outubro. O Centro Universitário Maria Antonia está localizado na Rua Maria Antonia, 294 – Vila Buarque, São Paulo.

Mais informações pelos telefones (11) 3123-5213 / 5214 ou por e-mail imprensama@usp.br.

(Com informações da Assessoria de Imprensa do Ceuma)

•  •  •  •

1 comentário para Centro Universitário Maria Antonia apresenta Projeto “Paisagens Fugidias”, até 30/10

  1. 10 de fevereiro de 2017 às 10:51 | Permalink

    Muito linda essas paisagens!

Deixe um comentário

Política de moderação de comentários

Este blog reserva-se o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou outros princípios da boa convivência. Dessa forma, serão suprimidos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa ou falsidade ideológica.