contato

agenda

icons
Jan Ferslev, do Odin Teatret, ministra oficina no TUSP

O Teatro da USP realiza em S√£o Paulo, de 01 a 05 de fevereiro de 2016, das 10h √†s 14h, a oficina A Presen√ßa do Ator/Performer.¬†A oficina gratuita¬†ser√° ministrada por¬†Jan Ferslev, do Odin Teatret,¬†e as inscri√ß√Ķes ser√£o realizadas at√© 27/01/16, pelo e-mail¬†tuspline@usp.br. Os interessados dever√£o enviar curr√≠culo (contendo nome completo, RG e CPF e telefone para contato)¬†e carta de interesse. Ser√£o selecionados 16 (dezesseis) participantes.

A oficina se concentrará na presença cênica do performer, tendo como tema o controle do corpo e da voz como pontos de partida para a criação de partituras físicas e vocais, base de todo o trabalho desenvolvido pelos atores do Odin Teatret.

Ser√£o ensinados exerc√≠cios simples, partindo, por exemplo, da a√ß√£o “dar um passo”: Que parte do corpo se move primeiro e em qual dire√ß√£o? Deve-se experimentar e sentir qual √© o centro do equil√≠brio e do peso, h√° que se decidir se est√° empurrando algo ou se est√° sendo puxado, imaginar certa resist√™ncia e mostrar isso com o corpo.

Assim, a simples a√ß√£o de “dar um passo” √© executada de uma forma determinada, com uma energia espec√≠fica, contendo uma informa√ß√£o escolhida pelo performer.

Ao mesmo tempo, essa simples a√ß√£o inclui v√°rias decis√Ķes: que parte do p√© toca o ch√£o primeiro? Como respirar ao dar o passo (inspirar ou expirar)? Onde est√° o foco? O que fazer com os bra√ßos, as m√£os, os dedos? Todas essas a√ß√Ķes devem ser decis√Ķes do ator/m√ļsico, do performer. Ele DEVE decidir.

Os exerc√≠cios executados nessa oficina d√£o aten√ß√£o √†s diferentes partes do corpo, a essas quest√Ķes. √Č esse trabalho detalhado que vai criar a presen√ßa c√™nica.

Por meio da repetição e da fixação dos exercícios, o ator/performer cria partituras físicas que, uma vez incorporadas, eliminam a lacuna temporal existente entre a decisão de realizar uma ação e a ação em si. O corpo do ator/performer torna-se um corpo-mente e sua presença cênica é dilatada.

Todos os exerc√≠cios podem ter sua forma reduzida no espa√ßo, o que chamamos de “redu√ß√£o/absor√ß√£o”. As a√ß√Ķes podem ser absorvidas at√© o ponto de se tornarem apenas impulsos. Podem ser executadas com uma energia suave ou forte, de maneira r√°pida ou devagar. A combina√ß√£o de possibilidades para cada a√ß√£o √© infinita. Mas o ator/performer deve decidir a cada momento qual das possibilidades ir√° usar e n√£o deixar nada ao acaso.

No trabalho vocal s√£o usados os mesmos princ√≠pios. O treinamento vocal est√° baseado principalmente no uso dos ressonadores que abrem um grande leque de possibilidades. Caber√° novamente ao ator/performer decidir de que forma us√°-los na cria√ß√£o de a√ß√Ķes vocais e, posteriormente, de partituras vocais fixas.

Sobre Jan Ferslev

M√ļsico, compositor, ator e pedagogo, nascido em 1949, em Copenhague, Dinamarca. Sua forma√ß√£o inclui rock, jazz, latim e m√ļsica cl√°ssica. Como guitarrista, na d√©cada de 60, participou de v√°rias grava√ß√Ķes e comp√īs a trilha sonora para espet√°culos de diferentes linhas.

Trabalhou como ator em grupos de teatro alternativos e tradicionais antes de ingressar no Odin Teatret, em 1987. Também é membro da ISTA РInternational School of Theatre Anthropology. No Odin Teatret participou dos seguintes espetáculos: Talabot, Rum i kejserens palads, Pais e Filhos, Itsi Bitsi, Ode ao Progresso, Kaosmos, Mythos, Dentro do Esqueleto da Baleia, Sal, O Sonho de Andersen, Grandes Cidades sob a Lua, Don Giovanni all’Inferno, Ur-Hamlet.

Tamb√©m atua nas demonstra√ß√Ķes de trabalho conduzidas em conjunto com outros atores do Odin Teatret, a exemplo de Ventos Sussurrantes (todos os atores) e Cartas ao Vento (com Roberta Carreri).

Sobre Odin Teatret

Odin Teatret foi fundando em Oslo, Noruega, em 1964, a partir do encontro do diretor Eugenio Barba com um grupo de jovens atores. Em1965 o grupo se transfere para a Dinamarca, onde até hoje mantém sua sede, na cidade de Holstebro.

Sob dire√ß√£o de Eugenio Barba, o grupo √© hoje uma das maiores refer√™ncias no cen√°rio cultural contempor√Ęneo com seu Teatro Antropol√≥gico, com seguidores no mundo todo. Uma das proposi√ß√Ķes de Eugenio √© a de que o ator seja capaz de elevar seu pr√≥prio texto, assim como construir sua pr√≥pria dramaturgia corporal. Para isso, dedicam-se intensamente ao trabalho de prepara√ß√£o corporal e vocal, criando ao longo dos anos t√©cnicas muito espec√≠ficas e fundamentais na diferencia√ß√£o do trabalho do grupo, bem como de cada um dos seus atores. O trabalho corporal e vocal √© motivo de estudos e atrai cada vez mais interessados em oficinas e workshops que o Odin oferece durante suas turn√™s.

O trabalho do Odin foi sempre muito disciplinado e intenso. Desde o inicio, organizam semin√°rios anuais, que re√ļnem diferentes propostas teatrais. N√£o apenas com artistas europeus, mas tamb√©m da √Āsia e Am√©rica Latina. Esses encontros produziram um importante interc√Ęmbio cultural. Jerzy Grotowski participou v√°rias vezes desses encontros, junto a, dentre outros, Dario Fo, Julian Beck, Judith Malina, Chaikin, Ellen Stewart, Richard Schechner, Decroux, Lecoq, Santiago Garcia e seu legend√°rio grupo Candel√°ria, Miguel Rubio com o Yuyachkani, Patricia Ariza e outros grandes mestres das principais tradi√ß√Ķes art√≠sticas e culturais do mundo.

Serviço

Oficina A Presença do Ator/Performer
Quando | De 01 a 05 de fevereiro de 2016, das 10 às 14h
Onde | Sala Experimental Plínio Marcos РTUSP
Rua Maria Ant√īnia, 294 ‚ąô Consola√ß√£o ‚ąô 11 3123.5233
Inscri√ß√Ķes at√© 27 de janeiro de 2016, somente por e-mail.
P√ļblico alvo |¬†atores, m√ļsicos, diretores e estudiosos de teatro que se interessem em refinar sua t√©cnica e ampliar suas possibilidades de express√£o vocal e c√™nica.
16 vagas