contato

agenda

icons
Outro K - Núcleo TUSP - eventos

Núcleo TUSP de Teatro estreia em São Paulo a peça OUTRO K, baseada na obra O Processo, de Kafka.

“Alguém certamente devia ter caluniado Joseph K, pois numa manhã ele foi detido, sem ter feito mal algum”

Franz Kafka, O Processo

Falar sobre O Processo é contar um pouco da literatura do século XX. Sobre uma das mais importantes obras e um de seus mais importantes autores. Ao mesmo tempo, uma história que, ao lado de A Metamorfose, figura entre as criações universais e faz parte do nosso imaginário coletivo. O Núcleo TUSP de São Paulo traz na montagem de OUTRO K, a primeira após a criação do núcleo da capital, uma adaptação que percorre o romance kafkiano e traduz nossa leitura da obra. A peça será exibida gratuitamente de 16 a 20 de novembro, às 20h30.

Há muitas leituras possíveis para O Processo. Uma denúncia contra a burocracia, contra as estruturas de poder – visíveis e invisíveis –, um retrato absurdo da própria condição humana. Seja existencial, política, religiosa ou por um viés biográfico, nenhuma visão específica pode dar uma palavra final sobre o texto de Kafka.

Sua grandeza reside, em grande parte, nisso mesmo.

Iniciamos o trabalho com O Processo tendo como base uma primeira adaptação que seguia cronologicamente os acontecimentos do romance kafkiano, mas aos poucos foi se moldando ao trabalho de sala de ensaio.

Textos foram substituídos por imagens, personagens mantiveram-se ao longo da história como narradores que trazem pontos de vista específicos à trajetória de K, em lugar do narrador onisciente. Uma atmosfera de sonho – que aos poucos se configura um pesadelo – passou a nortear a cena e consequentemente nossa leitura da obra.

Nosso Processo é um recorte que não se pretende dar conta de todas as possíveis leituras, nem de sua magnitude. Kafka foi nosso ponto de partida na tentativa de um material que instigasse o andamento do trabalho e possibilitasse voos imaginativos coletivos.

NÚCLEO TUSP
São Paulo

O Núcleo TUSP de São Paulo é uma ação do Teatro da USP, órgão da Pró Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP. Os experimentos do Núcleo TUSP tem a liberdade para resultar ou não em um trabalho final aberto ao público e sua continuidade para além de um determinado ano fica à critério do coletivo envolvido. Diferente de um modelo de trabalho que já houve no TUSP, onde um corpo estável de atores produzia espetáculos que norteavam as ações do órgão, o Núcleo TUSP de São Paulo surge com a perspectiva de experimentação cênica independente, dentro de uma ação artística de extensão universitária. Ao longo de dois semestres, atores das mais diversas formações foram selecionados para um laboratório de montagem, onde o ponto de partida – O Processo, de Franz Kafka – foi definido ao final do primeiro semestre de trabalho. A abertura da conclusão deste primeiro laboratório será na Sala Experimental do TUSP em São Paulo, entre os dias 16 e 20 de novembro, às 20h30.

Sinopse

Livre adaptação de O Processo, de Franz Kafka, onde “alguém certamente havia caluniado Joseph K, pois numa manhã ele foi detido sem ter feito mal algum”.

Ficha Técnica

Coordenação do Núcleo TUSP – São Paulo René Piazentin e Otacílio Alacran.
OUTRO K
Direção e adaptação dramatúrgica René Piazentin Assistência de Direção Otacílio Alacran Assistência no Design de Luz e Operação de Luz e Som Thaís Giovanetti Elenco Carolina Viana, Débora Tieppo, Leandro Galor, Litta Mogoff, Marcelo Bosso, Renata Alves, Stefani Mota Fotos Elcio Silva

Serviço

Núcleo TUSP de São Paulo
OUTRO K
De 16 a 20 de novembro de 2015
De segunda a sexta, às 20h30.
Onde | Teatro da USP | Sala Experimental Plínio Marcos
Duração | 70 min. | Indicação de faixa etária | Não recomendado para menores de 12 anos.
Rua Maria Ant̫nia, 294, Consola̤̣o РṢo Paulo, SP Р01222-010
Tel. 11 3123-5233 | Site www.usp.br/tusp | Facebook www.facebook.com/teatrodauspoficial
Twitter www.twitter.com/tusp_online
Metrô Santa Cecília
Capacidade | 30 espectadores.
Os ingressos gratuitos devem ser retirados com 1 hora de antecedência.

Estacionamento

O estacionamento Mariauto, no número 176, tem acordo com o teatro e o público tem desconto mediante apresentação de carimbo (do TUSP) no comprovante de entrada.